Clique e assine por apenas 4,90/mês
Publicidade
Fabiano Serfaty Por Fabiano M. Serfaty, clínico-geral e endocrinologista, MD, MSc Saúde, prevenção, tratamento, dieta, bem-estar, tecnologia, inovação médica e inteligencia artificial com base em evidências científicas
O passo a passo de delícias como risoto, brigadeiro branco e pão de queijo que não engordam
Em entrevista a Fabiano M. Serfaty, o patologista Helio Magarinos, do Richet, explica quando fazer os exames, como funcionam e como devem ser interpretados
Vamos começar por onde toda essa história se inicia: boca e nariz. Para enfrentar esta pandemia - e as futuras - precisamos falar sobre aquilo que comemos
Estudos recentes sugerem que restringir a alimentação a um período de tempo pode ser tão importante quanto o tipo de alimento que comemos
Priorize o que lhe é mais importante. Desenvolva sua habilidade de percepção; de se perceber e perceber o mundo à sua volta
Artigo publicado no Health Psychology Open aborda a importância da arte (ativa – quando fazemos – e passiva – quando somos espectadores) no bem-estar
A novidade é uma especialidade da fisioterapia que usa manobras manuais para devolver a mobilidade dos tecidos do organismo, como músculos e ossos
Realizado em 82 homens saudáveis, estudo consistente foi apresentado durante o ENDO 2018, reunião Anual da Sociedade de Endocrinologia americana
Estudo recém-publicado no Diabetes Care analisou o fenômeno em pacientes obesos que perdem peso e aqueles obesos que se mantêm numa faixa estável
Pesquisa apresentada em congresso de endocrinologia, em Chicago, indica que os óleos utilizados no tratamento podem não ser tão inocentes
Estudo americano aponta a importância de atentar-se à relação entre esses dois fatores a fim de evitar o aumento do risco de mortalidade
Apesar da diversidade e avanços na terapia, ele é o tratamento de escolha para muitos pacientes com insuficiência cardíaca terminal
Comuns nas praias lotadas do verão, confira os cuidados necessários em casos de contato com animal
Testes com pessoas que fazem atividade física com frequência mostra uma diminuição de até 14% na chance de morte por problemas cardíacos
A receita para mudar é simples: dieta balanceada, menos carboidratos, exercícios físicos regulares e tempo suficiente de sono
Pressão alta e doença das artérias coronárias são os principais fatores de risco
Conheça o moderno recurso que dispensa internação prolongada e saiba por que ele vem sendo a principal escolha nas clínicas
Saber diferenciá-los é fundamental para prevenir doenças cardíacas como a obstrução das artérias coronárias por placas de gordura
Publicidade