Clique e assine com até 65% de desconto

Barra e Jockey Club ganham restaurantes temporários

No Espaço Lamartine, o FEU tem cozinha comandada por Philipe Martins (Seu Vidal) e Gabriel Nigro (ex-Bobô Bar). O Nghia foca as receitas asiáticas

Por Carolina Barbosa 20 nov 2020, 15h38

Em meio a um ano difícil e repleto de incertezas não param de surgir empreitadas gastronômicas e ligadas ao entretenimento (ainda bem) inicialmente com prazo de validade. Duas delas acabam de abrir as portas. Trata-se do FEU (fogo, em francês), que tem entre os sócios a turma da Seu Vidal e a atriz Giulia Costa, no Espaço Lamartine, na Barra, e do asiático contemporâneo Nghia, sediado na varanda do EXC, e de frente para as pistas de corrida do Jockey Club, ambos em funcionamento de quinta a domingo.

+Jockey Club ganha bar temporário com menu de ex-chef do Mee

FEU: jardim secreto Alex Woloch/Divulgação

No comando da cozinha do FEU (Estrada da Barra da Tijuca, 3068, Espaço Lamartine, 971794011) estão Philipe Martins (Seu Vidal) e o chef Gabriel Nigro (ex-Bobô Bar). Lá, eles servem entradas como a porção de bolinhas de queijo recheadas de purê de tomate seco servidas com molho de tomate grelhado, manjericão e crispy de parmesão (R$ 32,00, quatro unidades) e cortes de carne que vão do steak (R$ 79,00, 300 gramas) ao prime rib de Wagyu (R$ 950,00, 820 gramas), que podem vir guarnecidos de batata frita trufada com alho e alecrim (R$ 39,00), por exemplo. Há opções vegetarianas em cartaz também. Pata acompanhar as pedidas, a carta de coquetéis lista preparos como o jardim secreto (R$ 40,00), elaborado com gim Beefeater, xarope Monin de maçã-verde, Blue Curaçao, suco de abacaxi e limão.

+Shiso, Gajos D’Ouro e Olivo têm novidades nos cardápios

Nghia: sotaque asiático contemporâneo Nghia/Divulgação

Na Zona Sul, a cada semana, o chef Henrique Verdan muda o roteiro do seu menu no Nghia (Rua Jardim Botânico, 1011, EXC, Jockey Club, 9 9733-9009). Nas entradinhas figuram opções como a trouxinha de camarão com shiitake ao molho de ostra (R$ 26,00, quatro unidades) e o salmão toast com azeite e siciliano e caviar de berinjela (R$ 40,00). De principal, há duas opções decombinados, com vinte (R$ 75,00) e com trinta peças (R$ 105,00), de acordo com a criatividade do chef. A seção etílica contempla desde long neck (inclusive cerveja sem álcool) a drinques clássicos e autorais. A partir das 20h, a programação conta ainda com DJ e outras atrações.

Dentro do EXC: o espaço é temporário Nghia/Divulgação

Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade