Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Três atitudes básicas para praticar o mindfulness

O médico Jon Kabat-Zinn, doutor em biologia molecular pelo MIT e fundador do Center for Mindfulness in Medicine, mostra como começar a usar o método

Por Fernanda Thedim 8 set 2017, 15h28

Na esteira do sucesso de Atenção Plena, aposta da Sextante que vendeu mais de 72 000 exemplares no Brasil, um novo título dedicado ao assunto foi lançado pela editora durante a Bienal do Livro. Em Atenção Plena para Iniciantes, o médico Jon Kabat-Zinn, doutor em biologia molecular pelo MIT e fundador do Center for Mindfulness in Medicine, mostra como é possível começar a usar o método de meditação para acalmar a mente, focar o presente e até combater doenças. Aqui, o especialista fala de três atitudes básicas para dar início à prática.

› Não julgar: “Quando você começa a prestar atenção no que está em sua mente, logo descobre que basicamente tudo é algum tipo de julgamento. É bom estar consciente disso. Não é necessário julgar o julgamento ou tentar modificá-lo. Basta notá-lo.”

› Ter paciência: “Sentimos uma forte necessidade de estar a caminho de algum momento melhor, alguma época melhor, quando tudo vai começar a dar certo. Podemos ficar impacientes e obcecados com muita facilidade.”

› Praticar a aceitação: “Ninguém está dizendo: ‘Simplesmente aceite’. Especialmente em relação a circunstâncias terríveis, aceitar é uma das coisas mais difíceis do mundo. Em última análise, significa perceber como as coisas são e encontrar meios sensatos de se relacionar com elas.”

  • Continua após a publicidade
    Publicidade