Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Alô, carioca! Quem fraudar comprovante de vacinação vai sentir no bolso

Medida foi adotada para impedir que pessoas burlem o certificado, que passa a ser obrigatório nesta quarta (15) para a entrada em estabelecimentos da cidade

Por Luiza Maia 15 set 2021, 12h36

A Prefeitura do Rio autorizou, nesta quarta (15), a aplicação de uma multa no valor de R$ 1 000,00 para pessoas que tentarem fraudar o comprovante de vacinação.

Com 46 votos a favor e uma abstenção, o projeto de lei havia sido aprovado na segunda (13) na Câmara de Vereadores.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A medida prevê a aplicação da penalidade tanto para quem tentar reproduzir e apresentar um documento falso quanto para quem tentar fugir dos postos de saúde com o certificado sem ter recebido a vacina contra a Covid-19.

Os agentes públicos que facilitarem ou acobertarem as fraudes terão de pagar um preço ainda mais alto, de R$ 1 500,00.

+ Covid-19: Rio inicia aplicação da terceira dose. Confira o calendário

Continua após a publicidade

Pessoas que não pagarem a multa terão o nome inscrito na dívida ativa do município. Os casos também serão encaminhados às autoridades policiais, já que os crimes de falsificação podem ser punidos com prisão de um a dois anos e meio.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, pelo menos oito casos já foram registrados de pessoas que tentaram pegar o certificado no posto de vacinação sem receber o imunizante.

+ Retomada do Centro: cai o número de estabelecimentos comerciais fechados

A partir desta quarta (15), os cariocas deverão apresentar, obrigatoriamente, o comprovante de vacinação para entrar em espaços de uso coletivo do Rio, como cinemas, academias, pontos turísticos, entre outros lugares.

Os cariocas podem comprovar que estão em dia com a vacinação apresentando a caderneta física, o certificado de papel entregue no dia da aplicação da vacina, ou através do aplicativo ConecteSUS.

+ Saiba onde o documento será obrigatório e como emitir o comprovante digital

Continua após a publicidade
Publicidade