Clique e assine por apenas 4,90/mês

Bloody mary: conheça três versões do clássico

Originalmente à base de vodca, o tradicional drinque feito com suco de tomate ganha receitas com gim, rum e tequila

Por Carol Zappa - Atualizado em 24 nov 2017, 21h12 - Publicado em 24 nov 2017, 21h11

Rota 66: novidade com tequila Rodrigo Azevedo/Divulgação

Rota 66. Na nova carta de drinques do bartender William Barão (Rubaiyat) para a rede tex-mex, o maria fogosa (R$ 23,00), servido na unidade de Ipanema, é uma releitura com tequila ouro e suco de tomate apimentado. Por cima da borda de flor de sal de jalapeño, uma fatia de bacon e chutney de manga. Rua Farme de Amoedo, 47, Ipanema, ☎ 2247-5931.

Nosso: versão com rum Nosso/Divulgação

Nosso. Servido originalmente apenas nos fins de semana, o cuban bloody mary (R$ 33,00) ganhou alguns retoques e entrou para a lista fixa. A opulenta receita inclui rum branco, suco de tomate, suco de limão-siciliano, tabasco, molho bordelaise, barbecue defumado, sal e pimenta-do-reino. Rua Maria Quitéria, 91, Ipanema, ☎ 99619-0099.

Malta Beef Club: à base de gim Eduardo Almeida/Veja Rio

Malta Beef Club. Na badalada casa de carnes à la carte, a lista de coquetéis não fica atrás. Bela pedida para harmonizar com os suculentos cortes nobres, o bloody malta (R$ 29,00) leva gim infusionado com pimentas, coentro, folhas de louro, suco de tomate temperado, aipo e cubinhos de bacon. Rua Saturnino de Brito, 84, Lagoa, ☎ 3269-4504.

 

Continua após a publicidade
Publicidade