Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Musical sobre Clara Nunes terá sessão híbrida no aniversário da cantora

À frente de um quarteto de instrumentistas, Clara Santhana desfia pérolas do repertório da homenageada. Haverá público na plateia e transmissão pela web

Por Marcela Capobianco 9 ago 2021, 13h49

Visto por mais de 500 000 pessoas, o musical Deixa Clarear, que celebra vida e obra de Clara Nunes (1943-1983), terá sessão única nesta quinta (12), data do aniversário da cantora. O espetáculo estrelado por Clara Santhana vai receber o público presencialmente, no Teatro Riachuelo, e também vai contar com transmissão on-line.

+ Ocupação hoteleira no interior do Rio quase volta ao estágio pré-pandemia

Clara Nunes surgiu como uma cantora de boleros, mas se encontrou no samba, abrindo caminhos para muitas mulheres sambistas, como Alcione, Dona Ivone Lara e Leci Brandão. Nos anos 70, ela só ficava atrás de Maria Bethânia no quesito venda de discos, sendo a primeira mulher no Brasil a atingir a marca de 1 milhão de cópias vendidas.

Clara também foi crucial na difusão e na defesa da ancestralidade numa época em que pouco se falava sobre o assunto.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

O texto de Marcia Zanelatto mistura a trajetórias da cantora mineira com signos da mitologia iorubá, unindo música e poesia. Estão lá, por exemplo, a Clara que, na infância, influenciada pelo pai músico, encantava a todos ao soltar a voz em Casinha Pequenina e a artista iniciante que viu no programa do Chacrinha a porta de entrada nos lares brasileiros.

Continua após a publicidade

+ Mistérios noturnos dão o tom de espetáculo dirigido por Yara de Novaes

À frente de um quarteto de instrumentistas, Clara Santhana desfia pérolas do repertório da homenageada, a exemplo de Morena de Angola, Um Ser de Luz e O Mar Serenou. 

+ Mulheres preferem vinho tinto, aponta pesquisa

Isaac Bernat assina a direção. Já direção musical é de Alfredo Del-Penho. O teatro vai funcionar com 43% da capacidade total.

Rua do Passeio, 38, Cinelândia. Qui. (12), 19h. R$ 50,00 (balcão simples) a R$ 80,00 (plateia VIP). Transmissão on-line: R$ 15,00. Informações complementares no site do teatro.

Continua após a publicidade

Publicidade