Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Ocupação hoteleira no interior do Rio quase volta ao estágio pré-pandemia

Em julho, a média foi de 51% de lotação nos quartos de hotéis, menos de 8% abaixo do registrado no período em 2019

Por Carolina Barbosa 9 ago 2021, 11h52

Com parte das fronteiras internacionais fechadas e a alta das moedas estrangeiras frente ao real, o turismo interno está em alta, como os números mais recentes têm comprovado. Segundo dados da Associação dos Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH), a ocupação hoteleira no mês de julho no interior do estado quase voltou ao estágio pré-pandemia: 51% de lotação, menos de 8% abaixo da média registrada no período em 2019.

+Carnaval 2022: reservas dos camarotes da Sapucaí começam na quinta (12)

Os destinos mais frios, como a região serrana e cidades do Vale do Café, têm sido os mais procurados. A maior parte dos viajantes são familiares, que partem de carro de destinos próximos (são os fluminenses que lideram as viagens pelo estado, seguidos da turma oriunda de Minas Gerais e São Paulo.

+Vale a viagem: como visitar fazendas de café e cachaça no interior do Rio

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade