Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mistérios noturnos dão o tom de Neblina, peça dirigida por Yara de Novaes

Espetáculo estrelado por Fafá Rennó e Leonardo Fernandes ocupa o CCBB a partir de 12 de agosto, com plateia reduzida

Por Marcela Capobianco Atualizado em 16 jul 2021, 15h25 - Publicado em 16 jul 2021, 06h00

O espetáculo nasceu de uma ideia de cena que martelava na cabeça do ator Leonardo Fernandes: um acidente de carro. Partindo dessa faísca, o premiado dramaturgo Sérgio Roveri deu vida ao texto de Neblina, cuja estreia aconteceu em Belo Horizonte, em janeiro de 2020.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Ao passar com o carro sobre uma pedra no trevo de uma estrada deserta, Sofia, interpretada por Fafá Rennó, caminha mais de uma hora em busca de socorro, até encontrar uma casa. Diego, papel de Leonardo Fernandes, é o solitário morador do estranho local.

+ Três monólogos em cartaz de forma presencial no Rio

O frio e a cerração obrigam os dois a virar a madrugada juntos e a compartilhar vivências. A narrativa joga luz em questões existenciais, como a perda, o luto, o sofrimento e a superação. A montagem vai ocupar o CCBB a partir do dia 12 de agosto.

Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Qui. a sáb., 18h. Dom., 17h. R$ 30,00. Ingressos pelo site eventim.com.br. Até 12 de setembro. http://www.bb.com.br.

Continua após a publicidade
Publicidade