Clique e assine por apenas 3,90/mês

Festival de graffiti vai projetar obras de artistas mulheres em prédios

Edição de 2020 do Graffiti Queens foi adaptada para o período da quarentena e vai acontecer em quatros cidades simultaneamente

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 18 jun 2020, 12h30 - Publicado em 18 jun 2020, 12h27

Respeitando o isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus, o festival Graffiti Queens vai projetar obras em paredes de prédios na edição deste ano.

+ Coisa Mais Linda: veja curiosidades sobre a segunda temporada

A partir desta sexta (19), trabalhos de mais de duzentas artistas mulheres serão projetados em paredões do Rio, São Paulo, Salvador e Recife. O festival acontece até domingo (21), sempre a partir das 18h.

+ Companhia teatral Os Satyros cria peça pensada para internet

Graffiti Queens: obra de @stellafvieira estará no festival Divulgação/Divulgação

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

No ano passado, o festival aconteceu presencialmente, em São Miguel Paulista, reunindo mais de cem artistas mulheres que pintaram muros de diferentes espaços públicos.

Para a edição de 2020, no ‘modo quarentena’, foram convocadas duzentas artistas e as obras são de diferentes gêneros, como ilustração e performance.

+ Mostra de cinema on-line homenageia mulheres do audiovisual

O Graffiti Queens surgiu para dar notoriedade às mulheres numa cena que é ainda muito dominada pelos homens.

Continua após a publicidade
Publicidade