Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Moscow mule é o drinque da vez nos balcões cariocas

Saiba onde provar três variações do refrescante coquetel que reúne vodca, ginger beer e limão

Por Carol Zappa Atualizado em 13 mar 2017, 15h13 - Publicado em 11 mar 2017, 16h00
Moscow mule – Mixxing Felipe Fittipaldi/Veja Rio

Mixxing. No speakeasy do Rio Comprido, Lelo Forti e Alex Miranda preparam nas sextas e nos sábados a clássica receita de vodca, ginger beer e limão, uma das melhores da cidade. A bebida chega, como manda o figurino, em uma charmosa canequinha de bronze (R$ 25,00, com vodca importada).

Cuban tea – Stuzzi Alle Vidal/Divulgação

Stuzzi. Em um dia quente de verão, o bartender Johnny Araújo inspirou-se no célebre coquetel para criar o cuban tea (R$ 32,00). A adaptação leva mate e rum envelhecido no lugar da vodca, além de abacaxi, canela e licor 43, de frutas cítricas e ervas aromáticas. A caneca de estanho mantém a bebida geladinha.

Mango Mule_Brigite's
Mango mule – Brigite’s RodrigoAzevedo/Divulgação

Brigite’s. Servida em copo de vidro, a versão do barman Léo Black para o balcão do bistrô de sotaque italiano no Leblon foi batizada de mango mule (R$ 33,00). A receita é finalizada com generosa espuma de manga, que confere um sabor mais frutado ao drinque cítrico.

Publicidade