Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pratos de origem africana e rodas de samba agitam a Zona Portuária

Até 30 de novembro, o Festival do Camarão do Porto reúne 23 restaurantes dos bairros Saúde, Gamboa e Morro da Providência

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 17 nov 2021, 18h54 - Publicado em 16 nov 2021, 15h52

No mês de comemoração da Consciência Negra, bares e restaurantes da Zona Portuária participam da primeira edição do Festival do Camarão do Porto, com pratos tradicionais de origem africana que incluem o crustáceo como estrela principal. Até o dia 30 de novembro, o evento conta com 23 participantes nos bairros da Saúde, Gamboa e do Morro da Providência, que compõem uma região de relevância histórica e cultural conhecida como Pequena África.

+ O drinque da vez: os segredos do melhor gim-tônica da cidade

Além do cardápio à base de camarão – que reúne desde o famoso Nhoque à la Jura, escolhido como melhor prato no Festival Gastronômico Sabores do Porto em 2012, ao pastel de camarão da Casa Porto, passando pelo acarajé da Casa Omolokum e outras delícias -, o festival também conta com shows, roda de samba e exposições artísticas.

Foto mostra batata recheada
Batata recheada com camarão: prato do Centro de Cultura Única, na Rua Sacadura Cabral, nº 109 ./Divulgação

No Largo da Prainha, as apresentações musicais ocupam a sacada do Bafo da Prainha, eleito o melhor botequim do Rio pelo Prêmio VEJA RIO Comer & Beber 2021. O local também recebe no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a roda de samba da Pedra do Sal.

Alguns restaurantes locais abrigam mostras artísticas neste período, como o Gratto Restaurante, onde o artista maranhense Fernando Mendonça expõe seu trabalho Gamboa 2020, com obras que retratam o bucólico bairro. O espaço pode ser visitado de terça a domingo, das 13h às 22h.

Continua após a publicidade

Já na Casa Porto, a artesã Marisa Silva apresenta a exposição Bordados Políticos, até o dia 12 de janeiro. A mostra, que traz denúncias sobre o momento histórico e político do país por meio de linhas e pontos, fica disponível ao público de quinta a sábado, das 11h às 23h.

+ Desce a cerveja: Zeca Pagodinho inaugura mais duas filiais de seu bar

Promovido pela Liga Gastronômica e o Polo da Região Portuária, com apoio do Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio (SindRio), o festival foi idealizado como uma forma de apoiar os empresários locais que sofreram prejuízos financeiros desde o início da pandemia, em março de 2020.

Com o avanço da vacinação e a flexibilização das medidas restritivas contra a Covid-19, a região histórica volta a atrair cada vez mais cariocas e turistas, tanto pela gastronomia, quanto pelos antigos casarões e pelas manifestações culturais que ali acontecem. O bairro da Saúde, inclusive, foi recentemente considerado um dos bairros mais legais do mundo pela revista britânica Time Out, o que fez ainda mais olhares se voltarem à região.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Veja a lista com todos os participantes do festival e seus respectivos pratos:

  • Angu Do Gomes: largo do camarão cremoso. Largo de São Francisco da Prainha, 03 – Saúde. Segunda a Sexta, das 11h às 22h. Sábado e domingo, das 11h às 20h;
  • Bafo Da Prainha: espetinho de camarão. Rua São Francisco da Prainha, 15 – Saúde. Quarta a domingo, das 11h às 23h;
  • Comezinho Bar: bobó de camarão. Largo de São Francisco da Prainha, 17 – Saúde. Todos os dias, das 11h às 22h
  • Pequeno Museu Carioca: empada de camarão. Rua São Francisco da Prainha, 19 – Saúde. Quarta a Domingo, das 11h Às 23h.
  • Gratto Restaurante e Bar: linguine de pupunha na espuma de queijo com camarão empanado. Largo De São Francisco Da prainha, 23 – Saúde. Terça a domingo, das 13h às 22h.
  • Tendinha.Co: vatapá. Beco João Inácio, 04 – Saúde. Sábado e domingo, das 12h Às 22h.
  • Armazém Zero4: camarão na canoa. Largo de São Francisco da Prainha, 04 lj b – Saúde. Terça a domingo, das 13h Às 22h.
  • Bar Da dulce: risole da dulce. Rua São Francisco Da Prainha, 4 lj a – Saúde. Terça a domingo, das 13h Às 22h.
  • Casa Porto: pastel de camarão. Rua São Francisco Da Prainha, 04 Sobreloja – Saúde. Quarta a sábado, das 11h às 23h.
  • Sakode na Chapa: espaguete ao molho de gamba (camarão). Rua Sacadura Cabral, 81 lj a – Saúde. Segunda a sexta, das 12h Às 19h.
  • Gracioso: risole de camarão. Rua Sacadura Cabral, 97 – Saúde. Segunda a sexta, das 11h às 22h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 17h.
  • Centro de Cultura Única: batata recheada com camarão. Rua Sacadura Cabral, 109 – Saúde. Todos os dias, das 11h Às 20h.
  • Da Pedra Bar e Restaurante: delícia dos deuses. Rua Argemiro Bulcão, 33 – Saúde. Segunda a domingo, das 12h Às 23h.
  • Casa Omolokum: acarajé. Rua Argemiro Bulcão, 51 – Saúde. Sexta, sábado e domingo, das 13h Às 19h.
  • Quitutes Da Luz: moqueca de peixe com camarão. Rua do Jogo da Bola, 117 – Morro Da Conceição. Sexta, sábado e domingo, das 11h Às 18h.
  • G&Ggourmet: bobó de camarão. Ladeira João Homem, 13 – Morro Da Conceição. Quarta a domingo, das 12h às 18h.
  • Tenda Nômade: penne ao molho de limão, alho poró e camarões. Rua Sacadura Cabral, 10 Lj e – Saúde. Quinta a domingo, das 12h Às 21h.
  • Kalesa Bar / Lindy’s Lanches: camarão a tissunami. Rua Sacadura Cabral, 61 – Saúde. Todos os dias, das 11h à 00h.
  • Maravilha Da Praça: camarão à moda do porto. Rua Sacadura Cabral, 53 – Saúde. Todos os dias, das 11h Às 23h
  • Recanto Dos Sabores: moqueca de camarão com banana da terra. Rua Sacadura Cabral, 71 lj b – Saúde. Segunda a quarta, das 11h às 20h. Quinta a domingo, das 11h às 22h.
  • As Pimentas: gostosura de camarão. Rua do Propósito, 43 (Esquina Rua Leôncio De Albuquerque) – Gamboa. Segunda a sábado, das 11h Às 21h.
  • Mississippi delta Blues: pop corn shrimp. Rua Pedro Ernesto, 89 – Gamboa. Quinta a sábado, das 18h30 à 01h.
  • Bar Da Jura: nhoque com camarão. Final da Ladeira do Barroso, no Mirante Do Teleférico – Morro da Providência. Todos os dias, das 12h às 17h (sob encomenda no dia anterior).
Continua após a publicidade

Publicidade