Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Direto do Maranhão, Tiquira chega ao Braseiro

Destilado feito a partir da mandioca pode ser provado puro ou em uma bela caipirinha

Por Rafael Cavalieri Atualizado em 2 jun 2017, 12h23 - Publicado em 16 out 2015, 18h37

O chope Brahma sempre gelado e muito bem tirado é a pedida principal e circula em tulipas de maneira incessante pelos salões (R$ 6,50; 300 mililitros). Mas no Braseiro da Gávea, casa querida pelos cariocas, que passou por reformulação completa tanto no salão como na cozinha, é possível encontrar a interessante tiquira Guaaja, uma aguardente feita de mandioca muito comum no Maranhão.

Braseiro da Gávea
Braseiro da Gávea

Caso queira matar a curiosidade, prove ela purinha (R$ 12,00, a dose). Mas a bebida também é utilizada em saborosas caipirinhas nos sabores lima, limão, abacaxi, maracujá, morango e kiwi (R$ 18,00 cada uma), companhias perfeitas para a linguiça (R$ 4,50) de entrada e a picanha ao braseiro como prato principal (R$ 105,00). Essa última chega ladeada por arroz de brócolis, fritas e saborosa farofa de ovo com banana. 

Publicidade