Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quarentena: aplicativos de delivery incluem novas funções aos painéis

Além da opção de pagar com vale-refeição, há a possibilidade de fazer doações a instituições e ainda pedir pratos pelos stories do Instagram

Por Carolina Barbosa 30 abr 2020, 15h14

Em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus, emerge um processo de readaptação que passa desde os hábitos cotidianos, de higiene e rotina, até os de consumo. Para se adequar à nova realidade e às novas necessidades do consumidor neste período de isolamento social, os aplicativos de delivery criaram novas ferramentas em seus painéis.

+ Restaurantes com menus executivos e “pratos-feitos” para o home office

+ Para assinar o conteúdo digital de VEJA RIO, clique aqui

+Dois endereços que entregam um chá da tarde completo

VALES-REFEIÇÃO

Entre elas, a inclusão de vales-refeição para pagamento. O Rappi, por exemplo, já opera com VR, Sodexo, Ticket e Alelo para compra em  restaurantes, lanchonetes, padarias e mercados. O iFood, por sua vez, já aceita as bandeiras Alelo, Sodexo e VR (para cadastrar o vale refeição ou alimentação, basta acessar a aba Perfil, Pagamento, Vale-Refeição e incluir os dados do cartão). O Uber Eats trabalha com a Ticket.

COMIDA VIA INSTAGRAM

Em parceria com o Instagram, um novo recurso permite ao usuário do Uber Eats fazer um pedido a partir da rede social. Funciona assim: ao postar um prato ou uma foto do ambiente, os restaurantes participantes exibirão o ícone “pedidos de refeição”, no perfil ou nos stories. Ao clicar ali, você será redirecionado para o app de delivery, a fim de que possa concluir o pedido. Além disso, é possível compartilhar esses adesivos nos seus próprios stories para apoiar os restaurantes locais.

Continua após a publicidade

+Quarentena: aprenda a fazer uma horta em casa

+Delivery: de brinquedos a cogumelos, tudo o que você pode pedir em casa

DOAÇÕES

No iFood, pode-se ajudar a ONG Ação da Cidadania, fundada pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, que envia cestas básicas para cidades brasileiras conforme a demanda. Uma vez dentro do app, o usuário deve ir até a aba “Perfil”, selecionar o campo “Doações” e escolher um dos três valores fixos disponíveis: R$ 7,00 R$ 15,00 ou R$ 30,00. O pagamento é feito via cartão de crédito cadastrado na plataforma. Já no Rappi, a funcionalidade ganha o nome de “Doe Agora”. É possível ajudar, com valores diversos, entidades como Gerando Falcões, Amigos do Bem, TETO, AACD e Instituo Jô Clemente. 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade