Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio terá primeiro restaurante flexitariano localizado em Ipanema

Com previsão de abertura no fim de abril e menu baseado nas proteínas vegetais, o Allma será instalado na esquina das ruas Joana Angélica e Nascimento Silva

Por Carolina Barbosa Atualizado em 29 mar 2021, 17h47 - Publicado em 24 mar 2021, 14h16

Empreitada dos empresários Christiano e Roberto Londres, o Allma, primeiro restaurante flexitariano do Rio, ocupará um casarão de esquina das ruas Joana Angélica e Nascimento Silva.

+O coelhinho “tá on”: bar da Tijuca lança ovo de Páscoa de coxinha

Com previsão de abertura para 29 de abril, a proposta é justamente oferecer um menu saudável, criativo e repleto de sabor, baseado no movimento mundial que prega equilíbrio e a consciência alimentar sem radicalismos. Para quem não sabe, é disso que trata a dieta flexitariana (do inglês flexitarian, junção de flexível e vegetariano). Ou seja, um cardápio na maior parte do tempo constituído de vegetais, que representam até 90% das calorias consumidas, sem abandono totalmente da proteína animal. 

+Em busca de equilíbrio, cariocas aderem cada vez mais à dieta flexitariana

No cardápio elaborado pelos chefs Diego Gimenez e Lidiane Barbosa figurarão entradas, saladas, bowls, wraps, sanduíches, pratos e sobremesas com alimentos frescos, preparos artesanais e sem desperdício, ou seja, com aproveitamento total dos ingredientes.

Continua após a publicidade
Casarão em Ipanema: sede do Allma
Casarão em Ipanema: sede do Allma Divulgação/Divulgação

+Radar da boa mesa: The Slow Bakery inaugura filial no Jardim Botânico

“Queremos mostrar que uma alimentação saudável pode ser muito saborosa e criativa e dar a oportunidade para que as pessoas conheçam uma vida mais equilibrada e sem radicalismos através de nosso cardápio, baseado em proteínas de origem vegetal como os grãos, leguminosas e hortaliças”, diz o sócio sócio Christiano Londres. “Mas existe também espaço para queijos, proteínas animais brancas e ingredientes de qualidade, tudo com cuidado na escolha da matéria-prima utilizada e respeito envolvido no processo de produção. Além da premissa do sabor, aliamos novas tecnologias para combater o desperdício de alimentos”, complementa o empresário, há mais de 15 anos atuando no mercado de food service.

Leia também:

+Belmonte abrirá filial na orla de Ipanema: ‘Vai ser o rooftop mais democrático do Rio’, diz dono

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade