Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Radar da boa mesa: The Slow Bakery inaugura filial no Jardim Botânico

Além da padaria, a badalada Comuna, antes instalada em Botafogo, aportou com algumas de suas clássicas receitas no descontraído hotel Selina, na Lapa

Por Carolina Barbosa Atualizado em 17 mar 2021, 13h43 - Publicado em 17 mar 2021, 13h40

Conforme noticiado por aqui em setembro de 2020, logo no início das obras, a premiada The Slow Bakery abriu seu terceiro ponto dedicado às fornadas artesanais de fermentação natural nesta terça (16) no Jardim Botânico, na Rua Maria Angélica, 113, loja G, em frente à pracinha Sagrada Família.

+Belmonte abrirá filial na orla de Ipanema: ‘Vai ser o rooftop mais democrático do Rio’, diz dono

Ambientada em 100 metros quadrados e dois andares, a mais novata da família, que inaugurou sua primeira loja há cinco anos, é um misto de padaria, empório e mercadinho, com direito a pães, claro, saladas, pastinhas, manteiga, molhos e itens de viennoiserie (como croissants e outros produtos de massa folhada).

“Com ela, a gente aprofunda esse caminho que estamos trilhando pelo fazer artesanal nas diversas áreas que abraçamos. Na produção dos pães, na entrega da cozinha, no dia a dia da confeitaria, na escolha do mercado. Tudo, tudo com o nosso amor e a busca incansável por colocar sempre verdade, origem, dedicação, técnica e excelência no que nos propomos a fazer”, escreveram os sócios Rafa Brito Pereira e Ludmila Espíndola no Instagram da empreitada.

+Premiado bartender argentino, Tato Giovannoni lança dois tipos de delivery

View this post on Instagram

A post shared by 𝕥𝕙𝕖 𝕤𝕝𝕠𝕨 𝕓𝕒𝕜𝕖𝕣𝕪 (@theslowbakery)

Continua após a publicidade

Nesta seara, de boas-novas gastronômicas, a celebrada Comuna, instalada há dez anos em Botafogo e fechada no ano passado em função da pandemia, aportou na Lapa, no térreo do charmoso e descolado hotel Selina.

Lá mesmo ou no delivery (tem no iFood) pode-se matar a saudade de clássicos como os hambúrgueres, a exemplo do partidão: combinação de 160 gramas de carne, queijo gouda, cebola-roxa, picles de pepino, maionese e remoulade. Antes de servir, ele é partido ao meio e levado ao fogo.

Estão em cartaz também a afamada batata frita crocante e combos com sucos, queijo-quente, salada de frutas, entre outros itens, que podem compor um ótimo desjejum.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

View this post on Instagram

A post shared by Comuna (@comuna_lapa)

Continua após a publicidade
Publicidade