Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Karol Conká volta às redes e justifica ‘sumiço’: ‘Precisava cuidar de mim’

Cancelada após participação no BBB, cantora reparece no Twitter logo depois de o Fantástico exibir trechos de documentário inédito sobre sua vida

Por Da Redação 26 abr 2021, 14h46

Participante com o maior índice de rejeição da história do Big Brother Brasil (levou 99,17% dos votos), Karol Conká foi cancelada e se isolou por quase dois meses para ressurgir neste domingo (25) no Twitter e no Instagram, logo depois de o Fantástico exibir uma reportagem sobre A Vida Depois do Tombo. O documentário estreia nesta quinta (29), e contará, em quatro episódios a história de vida da cantora – do início da carreira até a sua desastrosa participação no BBB.

Sean Penn, o exemplo: ator investe 10 milhões para ajudar Rio na pandemia

“Não apareci muito por aqui, porque entendi que precisava me afastar um pouco das redes e cuidar de mim. Vejo o documentário como uma oportunidade, em tempos de cancelamento, de relembrar que somos muito mais complexos do que um reality show é capaz de mostrar”, escreveu a rapper.

Pastor que orou pela morte de Paulo Gustavo será processado criminalmente

Ela se envolveu em vários conflitos desde a primeira semana de exibição do programa, e foi apontada como uma pessoa preconceituosa, pouco empática e manipuladora – daí a rejeição recorde e a perda de trabalhos que já estavam agendados antes de o Big Brother ir ao ar. Ao Fantástico, a diretora do documentário,  Patrícia Carvalho, disse que tanto ela quanto sua equipe chegaram a duvidar da sinceridade de Karol em alguns momentos.

Continua após a publicidade

História do funk carioca é homenageada em playlists e podcasts

“Quais são as faces e as camadas da Karol que confundem a gente? Durante o documentário, ficamos na dúvida muitas vezes. Dúvidas sobre quem é ela, o que era falso ou verdadeiro. Ela está sentindo isso mesmo ou está me manipulando?”, contou.

Continua após a publicidade
Publicidade