Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Débora Falabella: “Teatro é resistência o tempo inteiro”

Atriz que interpreta uma ambientalista na segunda temporada da série Aruanas, da Globoplay, desabafa sobre os desafios para se manter nos palcos

Por Melina Dalboni Atualizado em 17 dez 2021, 16h14 - Publicado em 17 dez 2021, 06h00

Questão que ganhou força durante a pandemia, a dependência de álcool é um dos conflitos enfrentados pela ambientalista Natalie, personagem de Débora Falabella, 42 anos, na segunda temporada da série Aruanas, em exibição no Globoplay.

+ Com agenda cheia, Maria Bethânia grava documentário sobre sua vida e obras

“É um alcoolismo que começa quase socialmente. Ela não bebe todos os dias até as coisas começarem a dar errado. Aí vira uma válvula de escape enorme”, explica a atriz, acostumada a abraçar temas difíceis.

+ Dirigida por Jayme Monjardim, nova série retrata heroína brasileira

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Entre os assuntos tratados nas peças de sua companhia de teatro, que completou quinze anos, estão a violência sexual contra a mulher e o abuso de poder no mercado de trabalho. Manter-se no palco não tem sido fácil.

+ Ocupação cultural: novo espaço coletivo na Gávea reúne diferentes artistas

“Estamos em péssimas mãos. Os artistas e a cultura como um todo estão sendo deixados de lado, mas ainda assim vamos tentando realizar”, diz. Em 2022, Débora e os parceiros da companhia, Gabriel Paiva e Yara de Novaes, planejam se apresentar também em Portugal. “Teatro é resistência o tempo inteiro”, desabafa.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade