Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Série Cidade Invisível, da Netflix, é sucesso em mais de 40 países

Produção brasileira, capitaneada por Carlos Saldanha, também causou polêmica entre indígenas

Por Marcela Capobianco 22 fev 2021, 16h18

O maior desafio das séries feitas para o streaming atualmente é encantar não somente o público do país de origem, mas fazer sucesso em outros países.

Cidade Invisível, produção brasileira que estreou na Netflix no dia 5 de fevereiro, conseguiu o feito. Aqui no Brasil, a série capitaneada por Carlos Saldanha e estrelada por Marco Pigossi e Alessandra Negrini não sai do top 10 de mais vistas desde então.

+ Escola de Artes Visuais do Parque Lage inicia semestre com aulas on-line abertas e grátis

Nesta segunda (22), ela ocupa o 4º lugar do ranking no país. Na semana passada, a história chegou a ser a mais vista na Netflix americana.

O protagonista comemorou o sucesso e disse que Cidade Invisível também figura na lista de mais vistas de mais de quarenta países.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Mas nem tudo são flores. Ao abordar o folclore brasileiro – personagens como a Cuca, o Saci, o Curupira e a sereia Iara convivem no mundo real, num Rio de Janeiro um tanto distópico – a série foi criticada por não escalar atores de origem indígena para papéis centrais.

+ Murais modernistas de Paulo Werneck ganham retrospectiva no MAR

O ativista da tribo Pataxó HãHãHãe Fabrício Titiah mostrou seu descontentamento através de uma postagem no Twitter. “É uma grande produção nacional, uma pena que erraram. Faltou estudar mais e ser respeitoso. Eu e outros parentes podemos contar a história que realmente representa as tradições originárias, a representatividade já começa aí. Há uma diferença muito grande entre exaltar uma produção nacional e colaborar para a venda da imagem de um Brasil onde a cultura sagrada de um povo é tratada como uma fantasia exótica. Reforçando pensamentos equivocados que os gringos tem sobre nossa cultura”, declarou.

+ Paço Imperial reabre com mostra sobre Direitos Humanos

Ao que tudo indica pelo desfecho da primeira temporada e pelo sucesso mundial, Cidade Invísivel terá continuação.

Continua após a publicidade
Publicidade