Clique e assine por apenas 4,90/mês

Cantor Orlando Morais lança plataforma para lives que remunera artistas

App ShowIn terá apresentação da Funk Orquestra, revelação do Rock in Rio de 2019, neste sábado (19)

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 15 set 2020, 16h58 - Publicado em 15 set 2020, 16h56

Em meio à crise que afeta milhares de profissionais da música, parados por causa da pandemia da Covid-19, o cantor e compositor Orlando Morais está lançando, em sociedade com o empresário Dio Trotta, uma plataforma para transmissões de ao vivo. Batizado de ShowIn, o app permite que os artistas cobrem os preços que desejarem por suas apresentações.

O lançamento oficial da plataforma será nestá sexta (18), às 20h30, com show de Orlando e participações de Seu Jorge, Margareth Menezes e as filhas – e também cantoras – Cleo, Antonia Morais e Ana Morais.

+ Grupo criado por Tatá Werneck vai encenar peça on-line 100% acessível

A receita da transmissão será 100% destinada à campanha Show de Solidariedade, que apoia músicos, técnicos e profissionais do universo artístico que passam por dificuldades financeiras.

A live será transmitida diretamente do jardim da família, em Brasília, às margens do Lago Paranoá.

A ideia é que a plataforma apresente, sempre ao vivo, shows, peças de teatro, palestras, stand-up comedy, aulas de gastronomia, ginástica e até esportes.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

“Estamos vivendo um momento histórico, que vai definir os hábitos de consumo não só durante a pandemia. As lives são uma forma complementar de entretenimento”, comenta Orlando Morais.

Continua após a publicidade

O valor dos ingressos e a quantidade de pessoas assistindo a cada live serão definidos caso a caso. As transmissões podem ser acessadas pelo computador ou por aplicativo para celular e tablet.

No sábado (19), a Funk Orquestra, revelação do Palco Sunset do Rock in Rio de 2019, fará o segundo show da carreira através da plataforma recém-lançada. Os músicos vão se apresentar na Grande Sala da Cidade das Artes, um dos principais palcos de concertos da América Latina. O público assiste de casa.

+ Maya Gabeira: “O mundo só tem a melhorar com o sucesso das mulheres”

A Funk Orquestra, criada pelo DJ e produtor Fabio Tabach, é formada por quinze jovens músicos, uma parte deles oriundos de projetos sociais em comunidades do Rio, além do maestro Eder Paolozzi e de Phabyo DJ, que ao lado de Fabio Tabach forma o duo 2FAb.

Funk Orquestra: repertório vai de Cidinho e Doca ao Baile da Gaiola e une o gênero à música clássica Divulgação/Divulgação

O repertório faz uma viagem pela história do funk, através de hits como Rap Da Felicidade, dos MCs Cidinho e Doca, Nosso Sonho, de Claudinho e Buchecha, e sucessos mais recentes, como Vai Malandra, de Anitta, e os 150BMP do Baile da Gaiola.

+ CCBB reabre com exposição sobre Ivan Serpa, mestre do concretismo

“A Orquestra comandada por dois djs e um maestro foi pensada para mostrar que o funk é mais uma das obras clássicas da diversidade cultural brasileira. Ocupar uma sala de concertos coloca o gênero musical em outro patamar”, afirma o produtor Fabio Tabach.

O show da Funk Orquestra está marcado para as 21h de sábado (19). Os ingressos custam entre R$4,50 e R$9,00. Para assistir, é só se inscrever no ShowIn.

Continua após a publicidade
Publicidade