Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Bicharada reunida: BioParque do Rio recebe novos moradores

Lontrinhas, um filhote de veado, pelicanos e búfalos estão entre as novas espécies que poderão ser observadas no espaço

Por Marcela Capobianco Atualizado em 17 ago 2021, 16h23 - Publicado em 16 ago 2021, 18h41

A elefanta Koala andava meio solitária no recinto asiático do BioParque do Rio, o novo zoológico carioca. Nos últimos dias, ela passou a dividir o espaço com um casal de búfalos (Bos gaurus), considerados os maiores bovinos selvagens do mundo.

Búfalo com matinhos na boca
Novidade no BioParque? búfalo acaba de aportar no novo zoo carioca ./Divulgação

+ Rio vacina pessoas acima de 18 anos esta semana

A ideia é que, futuramente, as duas espécies de mamíferos possam conviver e interagir no espaço em São Cristóvão, Zona Norte da cidade.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Lontra filhote dentro de um cano
Lontra bebê: nome do animalzinho será escolhido através de votação na web ./Divulgação

Campeãs em fofura, duas lontras (Lontra longicaudis) de apenas 4 meses farão companhia à fêmea que já vive no parque. Os bichinhos chegam ao local com uma missão: sensibilizar os visitantes sobre a necessidade de conservação da espécie, ameaçada extinção no estado do Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

As pequenas lontras poderão ter seus nomes escolhidos pelos visitantes, através das redes sociais. A votação vai acontecer pelo Instagram (@bioparquedorio) nos próximos dias.

+ Ludmilla: “Racistas não aceitam que cheguei ao topo”

Já a área que remete ao cerrado brasileiro ganhou um filhote fêmea de veado catingueiro (Mazama gouazoubira), espécie também ameaçada de desaparecer. Por lá podiam ser observados  tamanduá-bandeira, capivaras, catetos, emas e antas.

O parque também recebeu dois machos de pelicanos-brancos (Pelecanus onocrotalus), vindos do zoo de Recife. Carismáticos e brincalhões, eles nasceram em 2006 e estão sob cuidados humanos desde então. Aves de grande porte, com uma envergadura de asa de quase dois metros, os pelicanos vão ficar entre a Imersão Tropical e a Vila dos Répteis.

+ De pipoca a torresmo, dicas para aproveitar o Dia do Pão de Queijo

Entre os nascimentos registrados no BioParque nos últimos dias estão um cervicapra (Antilope cervicapra) e cabrinhas (Capra aegagrus hircus) na Fazendinha.

Continua após a publicidade
Publicidade