Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mangueira pretende “botar o bloco na rua” de forma virtual em 2021

Misturando animação em 3D e filmagem de integrantes da agremiação, desfile on-line se torna uma opção para a folia não passar em branco

Por Marcela Capobianco Atualizado em 27 abr 2021, 11h59 - Publicado em 27 abr 2021, 11h55

Quem não tem Sapucaí encontra um mundo de possibilidades através da internet, certo?

Pensando nisso – e na tristeza que é não desfilar em quase 100 anos de tradição – a Mangueira estuda a possibilidade de fazer um Carnaval virtual ainda em 2021.

+ Clipes caprichados do Farra dos Brinquedos conquistam a criançada

A ideia foi apresentada ao presidente da escola, Elias Riche, pelo empresário Dio Trotta. Usando computação gráfica e animação 3D, a Verde e Rosa “colocaria o bloco na rua” de forma segura, enchendo os olhos do público e dos integrantes da agremiação.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

O presidente assinou uma carta de intenção com a Capivara Filmes para a realização desse desfile virtual, mas ainda é preciso conseguir um patrocínio para bancar a empreitada. A previsão é de que a folia on-line aconteça em novembro deste ano.

+ Cinco obras para conferir de pertinho na Casa Roberto Marinho

O projeto mistura filmagem da bateria da escola – ao vivo, na quadra -, imagens pré-gravadas de alas tradicionais e animação em 3D. O mote principal é recriar a atmosfera dos carnavais que aconteciam na Avenida Presidente Vargas na década de 1960.

+ Cinco peças de teatro on-line que flertam com o cinema

Ainda não há definição sobre o enredo – assim como o samba – do desfile virtual da Verde e Rosa.

Continua após a publicidade
Publicidade