Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Jardim Botânico ganha mirante com vista privilegiada para o cactário

Coleção abriga mais de 400 espécies de cactos e outras plantas suculentas em uma das áreas mais visitadas da instituição

Por Marcela Capobianco 7 jun 2021, 12h23

Instalado em uma área de 3 000 metros quadrados, o cactário do Jardim Botânico ganhou, no último sábado (5), um mirante para os visitantes observarem os cactos e suculentas da instituição.

+ Em tempos de pandemia, centros culturais investem em podcasts

O cactário é composto por estufas científicas e de exposição, além de pérgulas e canteiros, alguns deles organizados com temas de biomas brasileiros, como cerrado, caatinga e restinga. As formas, a resistência e as texturas inusitadas das plantas de ambientes áridos chamam bastante a atenção de quem passa por ali.

+ População de Paquetá será cobaia em estudo de vacinação

A área, suspensa, ganhou uma nova estrutura metálica, e a laje foi revestida por madeira.

Continua após a publicidade

+ Mostra no Parque Lage convida o visitante a interferir nas galerias

Atualmente, a coleção abriga milhares de espécimes e mais de 400 espécies de cactos e outras plantas suculentas. Dentre estas, há 64 espécies ameaçadas de extinção, o que torna a coleção de grande importância para conservação fora do ambiente natural.

O mirante conecta o início da trilha da Mata Atlântica e o cactário. De lá, também é possível observar o Centro de Visitantes do JBRJ, edificação construída no século XVI.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Devido às medidas de enfrentamento da pandemia da Covid-19, as visitas ao Jardim Botânico devem ser agendadas previamente pelo site.

Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico. Ter. a dom., 8h/17h. Seg., 12/17h. R$ 24,00 (moradores do Brasil) e R$ 15,00 (moradores do Rio).

Continua após a publicidade
Publicidade