Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Grátis: jovens fotógrafos são celebrados em exposição no Jardim Botânico

Foram privilegiadas imagens em formatos analógicos como filme, polaróide e película positiva. Parte da renda arrecadada com renda das fotos será doada

Por Marcela Capobianco 27 nov 2020, 16h43

Com o intuito de angariar fundos para os artistas e para ONGs cariocas durante a pandemia, mais de 400 fotógrafos do país participaram, entre agosto e outubro, do projeto beneficente Fotos Pró Rio, organizado pela associação FotoRio. Graças à ação, que vendia as fotografias selecionadas, instituições como Redes da Maré e o Jongo da Serrinha, em Madureira, receberam um apoio financeiro.

+ Oteque é eleito o melhor restaurante de cozinha de autor

Agora, um desdobramento deste projeto chega à Casa Florita, no Jardim Botânico. Com um recorte curatorial proposto por Victor Gorgulho, a produção de cinco jovens fotógrafos – a maioria deles do Rio de Janeiro – é celebrada na mostra.

Foram privilegiadas fotografias em formatos analógicos como filme, polaróide e película positiva. Os cliques de Ivan Nishitani – O Encontro – e Bárbara Rosalinski Menino d’Água voltam suas lentes para o mar: Nishitani na Praia de Copacabana, no Rio, e Bárbara nas águas da praia da Barra, em Salvador.

+ Cipriani conquista prêmio de melhor restaurante italiano da cidade

Ivan Nishitani: água como protagonista da imagem
Ivan Nishitani: água como protagonista da imagem Ivan Nishitani/Divulgação

O fotógrafo Javier Scian, por sua vez, opta por um soturno registro em uma cachoeira em Lumiar, no interior do estado do Rio.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Javier Scian: a poética de uma cachoeira
Javier Scian: a poética de uma cachoeira Javier Scian/Divulgação

+ Maria Ribeiro: “Descancelando 2020”

Continua após a publicidade

O olhar de Pedro Pinho capta o momento em que uma rosa parece estar prestes a se despedaçar, flertando com a visualidade de uma natureza morta.

Pedro Pinho: a beleza de uma flor prestes a ser despedaçada
Pedro Pinho: a beleza de uma flor prestes a ser despedaçada Pedro Pinho/Divulgação

+ Arp Bar, no Arpoador, tem o melhor visual do Rio

Por fim, Voguetto, de Ronaldo Rocha, única fotografia em formato digital na exposição, é o retrato de um bailarino de vogue cuja pose inspira um gesto afirmativo – gesto este mais que imprescindível no momento atual.

Ronaldo Rocha: um bailarino na posição 'vogue'
Ronaldo Rocha: um bailarino na posição ‘vogue’ Ronaldo Rocha/Divulgação

As fotos estarão à venda, durante um mês, por R$ 180,00 cada. Parte da renda será revertida para as ONGs Redes da Maré e Jongo da Serrinha. Outra porcentagem será destinada aos autores das obras.

+ Tati Lund é eleita chef do ano no Comer & Beber

Casa Florita

Com curadoria e direção-criativa de Júlia Almeida-Bailey, filha de Manoel Carlos e ex-atriz, a Casa Florita recebe, além de exposições, palestras, aulas e encontros cujos temas vão de ioga a aromaterapia, passando por tarô, meditação, alimentação e astrologia. A programação pode ser conferida no perfil do Instagram @casa.florita.

O espaço fica na Rua Visconde da Graça, 43, Jardim Botânico. Terça a sábado, 11h/19h.

Continua após a publicidade
Publicidade