Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Escolas de samba do Rio vão retomar tradicionais feijoadas em novembro

Liberadas pela prefeitura do Rio a partir de 1º de novembro, agremiações podem organizar eventos com música ao vivo e comercialização de alimentos

Por Marcela Capobianco Atualizado em 21 out 2020, 20h28 - Publicado em 21 out 2020, 18h57

Um decreto da prefeitura do Rio autoriza a realização de eventos com música ao vivo e comercialização de bebidas e alimentos nas quadras de escolas de samba a partir de 1º de novembro, desde que diversas regras sanitárias sejam seguidas, é claro. A prefeitura prevê ainda que as agremiações terão de submeter equipes a cursos de capacitação da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Algumas escolas de samba já estão se organizando para retomar as festas e, assim, reabastecer o caixa, parado desde março.

A Unidos da Tijuca vai retomar a programação presencial na quadra da escola no dia 8 de novembro, um domingo, com feijoada na área externa.

O Pagode do Mestre vai receber 400 pessoas, um terço da capacidade total da área ao ar livre.

+ Justiça bloqueia bens de Eduardo Paes e de empresas de ônibus

Na programação, shows do Grupo Arruda, Serginho Picianni, Wantuir e, claro, da bateria Pura Cadência. A rainha de bateria Lexa confirmou presença. A festa começa às 13h.

+ Museu Casa do Pontal se despede do Recreio com exposição do acervo

Continua após a publicidade

A entrada é gratuita, com limitação de público. As mesas com quatro lugares – e distanciamento entre elas – custa R$ 40,00 e o preço da feijoada é de R$ 25,00.

A reserva de mesas pode ser feita antecipadamente através dos telefones (21) 98165-1753 ou (21) 99441-2080. A quadra da Unidos da Tijuca fica na Avenida Francisco Bicalho, n° 47, na Leopoldina.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Já a Portela tinha previsto o modelo de feijoada delivery e take away para o dia 7 de novembro, sábado, e corre contra o tempo para se organizar e receber o público na quadra. Ainda não há informações sobre as atrações musicais e quantos ingressos serão disponibilizados.

A Velha Guarda, que sempre é o destaque musical das feijoadas, deve ficar de fora, por segurança.

Quem optar por receber em casa o tradicional prato desembolsa entre R$ 50,00 e R$ 75,00. O pedido pode ser feito através do site da agremiação.

Continua após a publicidade

Publicidade