Clique e assine por apenas 3,90/mês

Museu Casa do Pontal se despede do Recreio com exposição do acervo

Até logo, Até Já reúne obras de Mestre Vitalino, Manoel Galdino, Zé Caboclo entre outros artistas populares

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 16 out 2020, 13h55 - Publicado em 16 out 2020, 06h00

Emocionado com o acervo de 300 artistas brasileiros, Gilberto Gil disse, certa vez, que o Museu Casa do Pontal é uma realidade que pertence a todos nós, e nós todos temos de cuidar dela.

+ Maria Ribeiro: “Descancelando 2020”

O espaço, instalado no Recreio há 44 anos, sofre com constantes alagamentos.

A boa notícia é que o maior acervo de arte popular do país, seguindo a máxima de Gil, será transferido para uma nova sede, na Barra.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Para que o público possa se despedir do atual endereço, foi organizada a exposição Até Logo, Até Já, em cartaz até 8 de novembro, com obras de Mestre Vitalino, Manuel Galdino, Zé Caboclo, Maria Assunção e tantos outros.

+ ArtRio se adequa às exigências da pandemia

A entrada é grátis.

Estrada do Pontal, 3295, Recreio. Terça a domingo, 9h30/17h.

+ Marcelo Serrado dá dica de filme para ver em família

Continua após a publicidade
Publicidade