Dicas de hotéis, bares e restaurantes para curtir o inverno na serra

Um roteiro imperdível com atrações desses locais para você pegar a estrada e curtir a estação mais fria do ano — literalmente — nas alturas

Eco Resort Hotel Villa São Romão: sofisticados chalés no distrito de Lumiar

Eco Resort Hotel Villa São Romão: sofisticados chalés no distrito de Lumiar (Juliano Colodeti/Divulgação)

Natureza exuberante, clima de montanha, riqueza histórica e alguns dos melhores hotéis e restaurantes do estado. Não é difícil entender por que a região conhecida como Serra Verde Imperial é o destino preferido dos cariocas no inverno. De fato, ali se concentram as localidades com maior infraestrutura turística, além de paisagens de tirar o fôlego, ladeadas por montanhas, cachoeiras e trilhas. Em meio a muita cultura e história em Petrópolis, a um farto circuito de cervejarias em Teresópolis, à sofisticada gastronomia de Itaipava e ao sossego nos arredores de Nova Friburgo, novidades surgem a cada temporada, juntando-se aos clássicos da serra. A seguir, um roteiro com várias dicas imperdíveis desses locais para você pegar a estrada e curtir a estação mais fria do ano — literalmente — nas alturas. Vamos subir?

Petrópolis

As atrações históricas são só um aperitivo da farta programação

A pizza de camarão da Di Farina: uma das mais pedidas

A pizza de camarão da Di Farina: uma das mais pedidas (José Mauro/Divulgação)

COMER. Um dos mais bem cotados endereços da cidade no site TripAdvisor, a Casa Pellegrini (24 2231-6110), fundada há 120 anos, passou por reformas em 2017. Surgiram um 2º andar e um deque na entrada, espaços que ampliaram a capacidade do local. A carta de cervejas é fornida e na cozinha são preparados bons hambúrgueres e massas frescas. Instalada na Avenida Ipiranga, na casa que pertenceu ao irmão de Santos Dumont, ilustre morador da cidade, a Di Farina (24 2242-0055) serve pizzas saborosas entre terça e domingo, a partir das 17h30. Dica também para descansar, o Hotel Solar do Império (24 2103-3000; solardoimperio.com.br; diárias a partir de R$ 505,00), instalado em dois casarões tombados do século XIX, com 24 suítes, criou um cardápio especial, assinado pelo chef belga Bertrand Materne, para a temporada. Sopas como a de batata-baroa com crocante de Parma e o creme de aspargos estão entre as atrações (R$ 35,00 cada pedido).

No Buda Beer, os chopes artesanais são a grande atração

No Buda Beer, os chopes artesanais são a grande atração (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

BEBER. No antigo estábulo de um ponto turístico badalado no centro histórico, a Casa dos Sete Erros, a Bordeaux Vinhos & Cia (24 2242-5711), misto de enoteca e bistrô, põe cerca de 1 000 rótulos oriundos de diversos países à disposição dos convivas. No complexo da Bohemia (24 2020-9050), o frequentador pode fazer o tour pela cervejaria (R$ 36,00, com três chopes). Instalado no topo do espaço, o restaurante investiu em novos pratos que já vêm com sugestões de rótulos para harmonizar. Num belo casarão no Valparaíso, uma opção charmosa é o Buda Beer (24 2231-3219). Trata-se de um brewpub onde são produzidos e vendidos oito estilos da bebida. Novidade por lá, o Bar da Fábrica Brewpoint (24 3302-4333), aberto em outubro de 2017 no Quitandinha, concentra dez torneiras — metade para receitas próprias, como a german pilsner (R$ 10,00, 300 mililitros).

Locanda della Mimosa: lugar para relaxar e comer bem

Locanda della Mimosa: lugar para relaxar e comer bem (Giovani Garcia/Divulgação)

DORMIR. No coração do centro histórico, a Pousada Don Quixote (24 2244-8225; pousadadonquixote.com; diárias a partir de R$ 225,00) oferece clima de casa de campo a poucos metros de pontos turísticos como a Catedral de São Pedro e o Palácio de Cristal. A excelente localização e o preço colocaram a hospedagem no topo do ranking de melhor relação entre custo e benefício, segundo os usuários do Booking.com. Para ficar perto dos pontos turísticos e longe do burburinho, a Locanda della Mimosa (24 2233-5405; locanda.com.br; diárias a partir de R$ 788,00) une requinte e privacidade. A hospedaria já ameaçou fechar as portas, mas, desde 2014, vem recebendo investimentos dos atuais proprietários, que trouxeram de volta o chef Danio Braga, um de seus fundadores. O craque italiano serve por lá novas sugestões de inverno. Inaugurada no fim de maio deste ano, numa construção de 1888, fundada pelo barão de Mesquita inicialmente para ser uma capela, a Casa Rosa Hotel Boutique (24 3302-3556; casarosahotel.com.br; diárias a partir de R$ 550,00) conta com catorze charmosas acomodações.

Itaipava

Se a ideia é comer e beber bem, aqui não faltarão opções

Angá: espaço com fogão a lenha, jardim, horta e pomar

Angá: espaço com fogão a lenha, jardim, horta e pomar (Anita Soares/Divulgação)

Distrito mais badalado da cidade imperial, Itaipava concentra variada oferta de restaurantes, bares, clubes de campo, acomodações, casas noturnas e centros comerciais. Com essa estrutura, tem vida completamente independente de Petrópolis. Quem busca mais sossego, porém, deve optar por recantos cheios de charme no entorno. Em localidades como Corrêas, Secretário, Nogueira e Araras ficam algumas das pousadas mais exclusivas, instaladas em casas de atmosfera rústica, mas não menos elegantes, perfeitas para casais em clima de lua de mel. Entre os ótimos restaurantes da região há endereços de cozinha autoral, sintonizados com tendências gastronômicas globais.

Matilda: hambúrgueres, pizzas e pratos

Matilda: hambúrgueres, pizzas e pratos (Paulo Santos/Divulgação)

COMER. Desde dezembro, a chef Lydia Gonzales abre as portas de seu ateliê culinário em Nogueira: ela atende, mediante reserva, até dezesseis comensais para menus de cinco etapas (R$ 180,00) no Angá (24 98163-1455), espaço com fogão a lenha, jardim, horta e pomar. Empreitada do produtor Dudu Saramago, o Brodu (24 2228-1607), inaugurado há três meses, é um pequeno achado. Ali, são servidas pizzas de primeira linha, como a umbriana (R$ 48,00), com pancetta artesanal. Pertinho, o bucólico …lá (24 2228-2027) já é destino procurado por visitantes fiéis. Num galpão arejado e lindamente decorado, anexo à sua casa, o casal formado por Marcelo Vidal e Bebeto Felipe recebe os convivas com pratos sazonais que podem ser reunidos em menus de três etapas (R$ 143,00) ou solicitados separadamente. Um detalhe: o endereço não cobra taxa de rolha. Outra aquisição recente, e imperdível, o Varandas Itaipava (24 2232-0279), aberto em novembro no Shopping Estação, é um italiano caprichado, na cozinha, no ambiente e na adega elaborada pelo sommelier Paulo Nicolay. De ambiente moderno, a Matilda Pizza & Bistrô (24 2222-3300) oferece pratos, sanduíches e pizzas preparadas com massa de fermentação natural e farinha italiana.

Faustino: drinques baseados na mixologia molecular são preparados pelo bartender Renê Depoli

Faustino: drinques baseados na mixologia molecular são preparados pelo bartender Renê Depoli (Leonardo Guimarães/Divulgação)

BEBER. Reduto da boa mesa, a Estrada União e Indústria, em Itaipava, concentra sugestões como o Don Bistrô (24 2222-6293). Apesar de ter encerrado há dois meses a vistosa adega, com mais de 700 rótulos de vinho, o restaurante ainda mantém 200 garrafas expostas, vendidas a preço de loja. Entre os destaques, o Santa Ema Select Terroir Reserva Sauvignon Blanc custa R$ 70,00. Ali perto, o contemporâneo Faustino (24 2222-1700) é o destino para degustar drinques baseados na coquetelaria molecular. Afora as opções personalizadas, criadas na hora pelo bartender Renê Depoli, a carta exibe quase trinta coquetéis, como o preparado com frutas vermelhas, xarope artesanal de tangerina, vodca de baunilha, limão-siciliano e espuma molecular de limão (R$ 24,90). Nos arredores, o Shopping Estação Itaipava sedia a Ary Delicatessen (24 2222-5045), que tem matriz em Araras. Além de comidinhas e produtos como grissini e foie gras, é possível escolher entre 300 variedades de cerveja e cerca de 2 500 rótulos de vinho, para apreciar numa das mesinhas.

Quinta da Paz Resort: integrante da Associação Roteiros de Charme

Quinta da Paz Resort: integrante da Associação Roteiros de Charme (Marcelo Isola/Divulgação)

DORMIR. Integrante da Associação Roteiros de Charme, o Quinta da Paz Resort (24 2232-1999; quintadapaz.com.br; diárias a partir de R$ 797,00) está encravado numa área de 70 000 metros quadrados com lago, horta, cachoeira e três nascentes de água potável, responsáveis por abastecer a hospedagem. A pousada La Belle Bruna (24 2225-1415; labellebruna.com.br; diárias a partir de R$ 590,00) oferece conforto e privacidade. Incrustada na Mata Atlântica, a propriedade disponibiliza onze chalés voltados para as montanhas, seis deles equipados com hidromassagem. A região do Vale do Cuiabá é o endereço da Pousada Tankamana (24 2232-2900; pousadatankamana.com.br; diárias a partir de R$ 684,00), que, depois de modernizar seus dezesseis chalés, foi reaberta há cerca de quatro meses e estreia um festival de inverno. A apenas 2 quilômetros do centro de Itaipava, no sentido Teresópolis, o Hotel Capim Limão (24 2220-4500; capimlimao.com.br; diárias a partir de R$ 480,00) é indicado tanto para casais quanto para famílias em férias. A mansão dos anos 40 em meio à Mata Atlântica abriga 25 acomodações, entre suítes e chalés, que reúnem requinte e tranquilidade. No Spa Serra Morena (24 98827-0477; spaserramorena.com.br; diárias a partir de R$ 498,00), pacotes incluem aulas de dança, terapias corporais e dietas balanceadas, elaboradas por nutricionistas, que vão de 800 a 1 500 calorias diárias.

Teresópolis

As belas paisagens já começam a surgir na subida da Serra

Le Canton: ideal para relaxar com a família

Le Canton: ideal para relaxar com a família (Fabio Caldeira/Divulgação)

Saindo da BR-040, o motorista deve dobrar na Estrada Philuvio Cerqueira Rodrigues, também conhecida como “estrada das hortênsias”. As curvas sinuosas, emolduradas pela densa vegetação, levam ao município mais alto do estado, localizado a 871 metros de altitude. Para quem aprecia a natureza, a visita ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos é programa imperdível. Com uma área de mais de 20 000 hectares, a reserva natural oferece diversas opções de trilhas e passeios ecológicos. É claro que não faltam também bons lugares para comer, beber e dormir. Partiu, Terê.

COMER. Inaugurado em 1964 por um casal de siberianos, o Dona Irene (21 2742-2901 e 21 2643-3813) foca a culinária do país anfitrião da Copa 2018. Com quatro etapas e duração de três horas, o percurso sai a R$ 90,00 por pessoa, com sobremesa e café. Endereço de pizzas leves, a Manjericão (21 2642-4242) oferece cerca de quarenta deliciosos sabores de coberturas, como a versão da casa, com pesto de manjericão (R$ 42,80). Inicialmente um bufê por quilo, o Don Phillipe (21 2641-4230) expandiu sua atuação para o segmento das massas. Atração à noite, o carro-chefe é o espaguete no grana padano (R$ 49,90 o individual), preparado dentro do queijo na frente do comensal.

Na Vila St. Gallen: chopes, comida e fondue nesta temporada

Na Vila St. Gallen: chopes, comida e fondue nesta temporada (Fabio Caldeira/Divulgação)

BEBER. Ampliado em janeiro, o BrewZin (21 99178-0611) é a união de duas pequenas empreitadas vizinhas de porta, a Brewrosca e o Botequinzin. Autêntico e aconchegante, o espaço, decorado com livros, quadros e discos, investe nas cervejas especiais. O bairro Alto abriga o Kanton Bier (21 3726-3627), inicialmente um bistrô suíço, reinaugurado há um mês como uma espécie de pub. Entre Nova Friburgo e Teresópolis, o Parque Estadual dos Três Picos sedia a Cervejaria Cabeça de Dragão (22 99611-1110). Parada obrigatória, a Vila St. Gallen (21 2642-1575), espécie de minicidade cenográfica da Cerveja Therezópolis, dispõe de atrações como o beer tour, guiado por sommelier (R$ 70,00 com degustação e taça personalizada). Apesar de manter o nome do negócio antigo, na Várzea, o Alt Berlin (21 2742-5525), inaugurado há dois meses, nada tem a ver com seu antecessor. A casa atual dispõe de uma carta com trinta variedades de cerveja especial e 33 rótulos de vinho vindos de nove países.

Hotel Rosa dos Ventos: quarenta acomodações e cozinha de primeira

Hotel Rosa dos Ventos: quarenta acomodações e cozinha de primeira (Marcelo Isola/Divulgação)

DORMIR. Membro da Associação Roteiros de Charme, o Hotel Rosa dos Ventos (21 2644-9900 e 21 2532-1197; hotelrosadosventos.com.br; diárias a partir de R$ 710,00) tem quarenta confortáveis acomodações e cozinha de primeira num parque privativo junto ao Parque Estadual dos Três Picos e ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Confortável e amplo resort serrano, o complexo Le Canton (21 4000-1150; lecanton.com.br, diárias a partir de R$ 950,00), ideal para relaxar com a família, tem área de lazer com campo de golfe, centro hípico e parques temáticos. Cercada de paisagens verdes, a Urikana Boutique (21 2741-4700; urikana.com.br; diárias a partir de R$ 540,00) é um refúgio para sossegar numa das 27 acomodações, todas equipadas com belas camas e lençóis de 300 fios.

Nova Friburgo

Depois das compras, o sossego está garantido nos arredores

Paisagens naturais: destaque no Eco Resort Hotel Villa São Romão

Paisagens naturais: destaque no Eco Resort Hotel Villa São Romão (Juliano Colodeti/Divulgação)

Com forte vocação comercial e colonização alemã, a cidade, que celebra 200 anos em 2018, é o maior polo de moda íntima do país: abriga mais de 1 400 confecções. Antes ou depois das compras, vale visitar os lagos e jardins bem conservados do Country Club. Roteiro charmoso e cercado de natureza, o trecho que vai de Mury, um dos recantos gastronômicos do município, a Lumiar mais parece um bosque, repleto de cachoeiras, com estrada estreita e sinuosa, rodeada de sossego e belas paisagens. Cerca de 5 quilômetros adiante, São Pedro da Serra também vale a visita, com opções culinárias badaladas e lojinhas de artesanato. Alguma dúvida de que você vai relaxar?

COMER. Simplicidade e elegância se unem no Crescente (22 2523-4616), aconchegante restaurante familiar instalado numa casa da década de 40. O lugar é comandado por Carla Carvalho e Victor Rodrigues. O casal recebe os convidados à porta, antes de ela começar a preparar saborosas receitas da escola francesa. Para quem segue até as bandas de São Pedro da Serra, a sugestão é parar no Cilantro Bistrô (21 96700-0786). Lá, quem manda é Marco Morgenthaler: o chef espanhol, com passagens por cozinhas da França, da Escócia e da Suíça, valoriza os produtos locais. Defumados estão entre suas especialidades, como prova o bacalhau que cobre a bruschetta com pesto, tomate e amêndoas (R$ 28,50). Na rota de todo mundo que visita a região, o Bräun & Bräun (22 2542-1338) chama atenção pela casa de arquitetura suíço-alemã, estilo que se estende ao cardápio, com 120 rótulos de cerveja e um imbatível joelho de porco com salada de batata (R$ 52,00).

Bon Vivant: vinhos e petiscos para acompanhar

Bon Vivant: vinhos e petiscos para acompanhar (Rodrigo Azevedo/Divulgação)

BEBER. Em Lumiar, não deixe de tomar uma no Ranz Bier (22 2542-4012), do engenheiro e cervejeiro Gustavo Ranzato, conhecido por suas criativas receitas. Em comemoração dos 200 anos de Nova Friburgo, foi produzida, com lúpulos plantados na região, uma Helles (R$ 12,00, 300 mililitros). A Praça do Lago abriga ainda a filial do IPA Route, com sede em Mury, uma espécie de butique, aberta em fevereiro de 2018, onde são vendidos os rótulos, chopes e petiscos da cervejaria Born2Brew. Na matriz (22 2542-2673) pagam-se R$ 50,00 para degustar de quatro a cinco variedades de chope à vontade. Mais perto do centro da cidade, o Bon Vivant (22 98135-9585) tem carta com aproximadamente quarenta rótulos de vinhos para acompanhar o atraente cardápio de comes.

Parador Lumiar: conforto e paz para se desconectar

Parador Lumiar: conforto e paz para se desconectar (Rodrigo Azevedo/Divulgação)

DORMIR. Paraíso escondido na mata, o Parador Lumiar (22 2542-4777; paradorlumiar.com; diárias a partir de R$ 842,00) oferece conforto e paz a quem pretende se desconectar por completo. Outro trunfo local é o restaurante comandado pelo chef Isaias Neris. Dica de luxo, o exclusivo Eco Resort Hotel Villa São Romão (22 2793-2698; villasaoromao.com.br; diárias a partir de R$ 821,00, com refeições), no distrito de Lumiar, tem dez sofisticados chalés, muito verde e cachoeiras. Não por acaso, é o mais bem avaliado na região pelo TripAdvisor. Próxima à bucólica São Pedro da Serra, a pousada e chácara Solar do Passaredo (21 99282-5645 e 22 2542-3293; solardopassaredo.com.br; duas diárias a partir de R$ 860,00) dispõe de chalés com vista panorâmica para as montanhas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s