Clique e assine por apenas 4,90/mês

Quarentena: cafés especiais para pedir em casa

No estado fluminense, o produto movimenta 89 milhões de reais por ano. Saiba onde e como comprar

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 23 Maio 2020, 09h20 - Publicado em 22 Maio 2020, 20h55

Responsável por injetar 89 milhões de reais anuais na economia fluminense, o café é um item indispensável à rotina de muita gente. Não por acaso, tem um dia reservado no calendário brasileiro: 24 de maio, conhecido como o Dia Nacional do Café. No estado do Rio, onde se produz cerca de 16 000 toneladas de grãos por ano, mais de 70% da plantação está concentrada na região noroeste e 25% vem da região serrana, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura. Se você está sentindo falta de circular por espaços que servem uma bebida de qualidade, saiba onde pedir o produto para recebê-lo no conforto do lar.

+Quarentena: oito dicas para curtir a happy hour on-line

Cafe ao Leu (@cafeaoleu) – Eleito o melhor café no último VEJA Comer & Beber, o endereço comandado pelo barista Leonardo Gonçalves faz entregas de grãos especiais selecionados e torrados (e moídos, aos que preferirem) por ele mesmo. Há variedades oriundas de pequenos produtores de Minas, do Espírito Santo, da Bahia e de plantações fluminenses. As encomendas podem ser feitas de segunda a sexta pelo whatsapp 99886-9833. Para a Zona Sul, o frete é grátis (outros bairros sob consulta). Entre os tipos, batizados com o nome de cada produtor, os mineiros Afrânio Paiva, da Fazenda Recanto sai a R$ 38,00; e o Leonardo Tavares, da Fazenda Primavera, custa R$ 50,00 (250 gramas cada). Nesse último, sobressaem notas de flor de laranja, jasmim, maracujá e morango.

+Batista, fiel escudeiro de Claude Troisgros, inaugura delivery

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Café ao Leu: microtorrefação dedicada aos grãos especiais Arquivo pessoal/Divulgação

Cafezal em Flor Café (@cafezalemflorcafe ) – Instalada na Serra da Mantiqueira, na paulista Monte Alegre do Sul, a empresa familiar teve início em 1998, com a construção de uma pousada em meio a um cafezal. Por lá, as variedades da espécie coffea arabica seguem o conceito de baixo impacto ambiental. Expoente da Junta Local, a marca está entregando seus cafés especiais no Rio durante a quarentena. Com três pacotes de 250 gramas cada, o kit degustação (R$ 90,00) inclui três variedades (em grãos ou moído) de perfis sensoriais diferentes. Aos iniciados, que já sabem torrar seu próprio café, há a escolha de três versões “verdes”, minuciosamente selecionados (R$ 173,00, 3 quilos).  As encomendas são feitas no próprio site. O frete é calculado de acordo com o CEP. Informações pelo (19) 99886-8585.

Cafezal em Flor Café: do interior de São Paulo direto para endereços cariocas Divulgação/Veja Rio

Fazenda Paradiso Café  (@fazendaparadisocafe) – Há quatro anos no Centro, a cafeteria vende variedades trazidas da fazenda da família, em Santo Antônio do Amparo, no sul de Minas Gerais. A torra dos grãos é feita no próprio endereço, a fim de garantir a qualidade e o frescor. De segunda a sexta, entre 9h30 e 15h, é possível fazer escolhas via whatsapp 3852-3082. O menu pode ser acessado pelo Goomer. A casa está com promoções especiais para os cafés, em grão ou moído: 10% de desconto na compra de dois pacotes (a partir de R$ 44,40; 250 gramas) ou 20% de desconto na compra de três ou mais pacotes (a partir de R$ 60,00; 250 gramas). Entrega em toda a cidade com taxas à parte.

+Delivery: oito lugares para pedir coxinha em casa

Continua após a publicidade
Fazenda Paradiso Café: grãos são moídos na hora Divulgação/Veja Rio

Fuzz Cafés Especiais (@fuzzcafes) – Fundada e gerida por três irmãos especialistas no ramo (eis a razão pela qual o mascote da marca são três macaquinhos), Paulo, João e Pedro Foster, a microtorrefação oferece cafés especiais “de entrada”. Os grãos selecionados têm perfis sensoriais distintos exatamente para proporcionar uma experiência didática àqueles que desejam conhecer mais sobre o assunto. Entre as sugestões, a preços acessíveis, disponíveis para pedidos pelo Goomer e pelo Instagram, estão exemplares da linha padrão (R$ 15,00; 250 gramas, em grãos ou moído) e da seção microlotes (R$ 20,00; 150 gramas, em grãos ou moído). Há ainda a opção de receber em casa drinques alcoólicos (com café, inclusive) a partir de R$ 15,00. Frete grátis para Grande Tijuca, Centro e Zona Sul. Outros bairros a combinar. Informações pelo 98889-3091.

Fuzz Cafés: as embalagens são um capítulo à parte Pedriná Henning Fotografia/Divulgação

Jaeé – Em parceria com a Secretaria de Agricultura, a plataforma vende cafés especiais pelo site. Com embalagens de 250 gramas de tipos diversos de pequenos produtores locais, o kit custa R$ 89,00. Entrega na Zona Sul, Zona Norte, Centro, Barra e Recreio.

Cafés especiais: cesta vem com quatro tipos Secretaria de Agricultura/Divulgação

 

 

Publicidade