Clique e assine por apenas 4,90/mês

Pratos off-menu: os queridinhos dos clientes fiéis

Conheça as história de receitas que não fazem parte do cardápio fixo de três restaurantes tradicionais

Por Isabelle Lindote - Atualizado em 13 out 2017, 15h57 - Publicado em 13 out 2017, 10h10

Antiquarius: O ponto de comida portuguesa completou quarenta anos. Seus fiéis frequentadores não abrem mão de especialidades já apagadas do cardápio. Um desses pratos queridos surgiu da homenagem que o dono Carlos Perico fez a amigos de Angola: o camarão à moda de Luanda (R$ 185,00) traz crustáceo VG no molho de manteiga e alho, couve frita e arroz de passas.

D’Amici: Em seus dezoito anos de existência, a casa italiana já passou por muitas mudanças, mas mantém dez receitas em um saboroso cardápio alternativo. É o caso do nhoque frito de carne-seca, gorgonzola e azeite trufado (R$ 61,00, na foto), que surgiu de um desafio proposto pelo gerente Valdir Braga a um cliente que não gostava da massa.

Vôngoles alla marinara Rodrigo Azevedo/Divulgação

Satyricon: O fechamento da matriz, em Búzios, faz do endereço em Ipanema, aberto há 32 anos, o único onde se pode encontrar iguarias como o vôngole alla marinara (R$ 79,00). O prato, feito com vinho branco, azeite, salsinha e alho, surgiu do pedido de um comensal que não queria provar o espaguete ao vôngole do cardápio tradicional.

Publicidade