Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novos quiosques ampliam espaço gourmet na orla de São Conrado

Bairro completou 105 anos com abertura de Barthô Bar e Mané Praia, além do reformulado QuiQui e do tradicional Beach Club

Por Tomás Araújo* 18 nov 2021, 15h53

A praia de São Conrado, conhecida pelo seu belo cenário de asas-delta e parapentes sobrevoando a Pedra da Gávea, abriu portas para dois novos quiosques à beira-mar. O bairro, nascido a partir da famosa igrejinha encomendada pelo comendador Conrado Niemeyer em 1916, completou 105 anos em outubro com dois novos quiosques gourmets.

+ Como fazer o bacalhau à lagareiro do bicampeão Gajos D’Ouro

O Barthô Praia, inaugurado no início de 2020 na praia de São Conrado, já é um grande sucesso. Com inspiração no restaurante Bartholomeu de Paraty, na Costa Verde, o espaço funciona como uma espécie de lounge onde são servidos os mais variados drinques e pratos variados. Entre os destaques está o robalo assado no sal grosso, que acompanha spaghetti de abobrinhas e batatas coradas; e o Barthô Burguer, feito de fraldinha moída e maionese caseira com wasabi.

Foto mostra hambúrguer servido com batata frita com a praia ao fundo da imagem
Barthô Burguer: fraldinha moída e maionese caseira com wasabi ./Divulgação

A cozinha está sob o comando do chef Marcelo Souza, com passagens por hotéis-boutiques cariocas e restaurantes famosos em Ipanema, com delícias como carpaccio de polvo com azeite de bergamota trufada, tem também a costela com musseline de couve-flor, as vieiras com aïoli de carvão. Para acompanhar, um dos drinques mais pedidos é o Moscow Mule, uma versão espumante de maracujá e tangerina feita pelo mixologista Augusto Dornellas.

Foto mostra bebida Moscow Mule vista de cima, enfeitada com metade deuma laranja e uma pequena flor branca
Moscow Mule, versão espumante de maracujá e tangerina ./Divulgação

“A atmosfera é incrível, o lugar proporciona experiências reconfortantes num momento super-delicado em que é preciso recuperar o ritmo, repensar a rotina, ressignificar os encontros. Ao ar livre, despojado e sofisticado ao mesmo tempo, o Barthô traz uma gastronomia de alto padrão, valorizando a simplicidade e o bom gosto. É um lugar para celebrar a vida!”, diz o chef.

+ Pratos de origem africana e rodas de samba agitam a Zona Portuária

Foto mostra fachada do quiosque Mané Praia, com várias pessoas
Mané Praia: rede de botecos apostou em espaço mais aberto ./Divulgação

O quiosque Mané Praia abriu as portas em outubro. A rede de botecos criada em 2019 já é conhecida do público, com 18 unidades espalhadas por bairros como Méier, Flamengo, Ipanema e Copacabana. Mas a rede resolveu inovar ao abrir o primeiro estabelecimento à beira-mar, na praia de São Conrado. Daniel Bittencourt, fundador do Mané, explica que a busca do público por espaços mais abertos potencializou a expansão da rede:

“Estamos atentos a essa mudança de comportamento e pretendemos ir para outras regiões da capital. O carioca quer um espaço para esfriar a cabeça ao fim do dia e, se possível, uma linda paisagem ao fundo e tomando uma cerveja gelada. Oferecemos isso tudo no Mané”.

A dois passos da areia, o estabelecimento tem inspiração no pôr do sol e em duas paixões cariocas: a praia e o boteco. A identidade visual mantém o conceito estabelecido pela franquia, mas com retoque praiano. A mesa de centro é no formato de uma prancha de surfe, as cadeiras típicas de boteco têm frases como “Há mares que vêm para o bem”, “Mar doce lar” e “Dias melhores verão”.

+ Os destaques do Mané Praia, o novo quiosque de São Conrado 

Foto mostra prato com dadinhos de tapioca e a vista da praia ao fundo
QuiQui: Dadinhos de tapioca com queijo de coalho e geleia caseira de pimenta ./Divulgação

Um dos quiosques mais famosos da cidade, o QuiQui foi reconhecido como o melhor quiosque do ano de 2020 pelo Guia Comer&Beber da Veja Rio. Com a nova administração, o estabelecimento passou por uma reformulação no cardápio é parada obrigatória para quem quer apreciar uma vista deslumbrante acompanhado de uma refeição de dar água na boca.

A cozinha tem o comando de Ronaldo Canha, ex-chefe do restaurante Quadrucci, que traz novidades logo nas entradas. Um dos mais requisitados são o pastel de bobó de camarão com vinagrete de pimenta da casa e os dadinhos de tapioca com queijo coalho e geleia caseira de pimenta.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Como pratos principais há opções de peixes, combinando com o cenário de muito sol e mar. Entre eles estão o atum em crosta de pimentas e gergelim, com molho levemente picante, e o salmão com pele tostada e risoto de moqueca de camarão. Para acompanhar, os drinques mais requisitados são o Sanca (dose de Gin, purê de Manga, licor de laranja, calda de romã e hibisco) e o QuiQui Mule (vodka Ketel One, suco de limão, água com gás, hortelã e espuma de hibisco), feitos pelo mixologista Foguinho.

Foto mostra bebida moscow mule
Moscow Mule, versão espumante de maracujá e tangerina ./Divulgação

Pedro Guimarães, um dos novos sócios, celebra esta nova fase do quiosque. “Fizemos um projeto com todo o carinho, compartilhando nossas experiências e valorizando o que já era bom, mas tornando o ambiente ainda melhor. Criamos novos ambientes de arquitetura, com a priorização do charme local e explorando a vista e o way of life de São Conrado, neste que é um dos mais belos cartões-postais do Rio”.

Foto mostra quiosque na praia Gávea Beach Club
Gávea Beach Club: um dos mais tradicionais da região ./Divulgação

O mais antigo é o Gávea Beach Club, chamado pelos moradores do bairro de “Quiosque do Italiano”. O apelido já entrega a especialidade da casa, que serve massas e frutos do mar desde 2012. Na reabertura pós-pandemia, o restaurante passou por uma reformulação no cardápio. Com sucessos como o spaghetti con carbonara di zucchine (carbonara de abobrinhas) e o linguine al pesto di rúcula, pomodorini e tonno (atum) e a pizza de massa fina (de 30 centímetros) de peperone, catupiry, bacon e cogumelo paris.

+ O drinque da vez: os segredos do melhor gim-tônica da cidade

Até o fim do ano, a concessionária Orla Rio, administradora dos quiosques das praias cariocas e postos de salvamento, investirá R$ 8 milhões entre o Leme, na zona sul da cidade, até o Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, para renovar os novos bares a céu aberto das praias.

O processo será dividido em dois trechos, R$ 6 milhões no percurso Leme ao Leblon e os outros R$ 2 milhões entre São Conrado e o Recreio dos Bandeirantes. O presidente da Orla Rio, João Marcello Barreto, contou sobre o processo de renovação.

“Estamos fazendo obras de novos quiosques, reformas de antigos e investindo em equipamentos. Acreditamos que este será o verão do século, agora com a vacinação, o retorno à normalidade e a possibilidade de ter eventos. Estamos esperançosos, ainda mais porque os quiosques são áreas abertas”, afirma Barreto.

+ Desce a cerveja: Zeca Pagodinho inaugura mais duas filiais de seu bar

Serviço:

Barthô Praia: Avenida Prefeito Mendes de Morais, em frente ao 1.400, São Conrado. Quarta das 14h às 23h; Quinta. 13h às 23h. Sexta, Sábado e Domingo – 13h à 0h.

Mané Praia: Avenida Prefeito Mendes de Morais, quiosques 6A e 6B, São Conrado. Segunda a sexta, 11h/23h. Sábado e domingo, a partir das 8h.

QuiQui: Avenida Prefeito Mendes de Morais, quiosques 5A e B, São Conrado. Quarta e Quinta das 17h às 23h. Sexta 13h às 23h. Sábado – 12h às 23h. Domingo – 12h às 21h

Gávea Beach Club: Avenida Prefeito Mendes de Morais, quiosques 4A e B, São Conrado. Segunda a sábado das 8h às 17h. 

* Tomás Araújo, estudante de jornalismo da PUC-Rio, sob supervisão de professores da universidade e revisão final de Veja Rio.   

Continua após a publicidade

Publicidade