Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Agora é lei: Estádio do Engenhão terá polo gastronômico

De autoria do vereador Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), o projeto de lei foi sancionado pelo prefeito e publicado no Diário Oficial desta terça (13)

Por Carolina Barbosa 14 jul 2021, 15h27

De autoria do vereador Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), o projeto de lei que cria o polo gastronômico, cultural, desportivo e de lazer do Estádio Olímpico Nilton Santos, no Engenho de Dentro, popularmente conhecido como Engenhão, na Zona Norte, foi sancionado pelo prefeito Eduardo Paes e publicado no Diário Oficial desta terça (13). 

+Próxima escola municipal no Rio será nomeada em homenagem a Henry Borel

Logo, ficará a cargo do Poder Executivo apoiar a implementação do espaço, auxiliar na adequação do trânsito para veículos e pedestres, aumentar a disponibilidade de vagas para estacionamento, delimitar e sinalizar treze vagas para food trucks e instalar sinalização vertical com indicação do polo, além de organizar a área de lazer, o comércio ambulante na rampa de acesso ao estádio e as atividades desenvolvidas pelos trucks (com funcionamento permitido duas horas após o término do jogo ou do evento), além da inclusão do polo no roteiro turístico oficial do Rio de Janeiro – Guia do Rio.

+Recorde histórico: primeiro semestre de 2021 tem mais mortes do que nascimentos no Rio 

“Além da recuperação e revitalização do entorno, a região se transformou em um badalado point plural, que congrega a deliciosa gastronomia dos food trucks, a boa música das rodas de samba e as diversas atividades físicas, desportivas e recreativas do complexo” justifica o Freitas.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade