Clique e assine por apenas 3,90/mês

Drinques sem álcool elaborados são aposta nos bares cariocas

Para quem exagerou no Carnaval, o motorista da rodada ou a mãe lactante que não querem abrir mão de bons goles, os nada sem-graça mocktails são boa pedida

Por Carol Zappa - Atualizado em 19 fev 2018, 13h16 - Publicado em 16 fev 2018, 15h28
O dalila (R$ 18,00), com abacaxi, capim-limão e água de coco, é uma das novas dicas do Xian Tomás Rangel/Divulgação

Casa Camolese. O endereço badalado no Jockey reúne restaurante, bar, cafeteria e, em breve, um brewpub. Atrás do atrativo balcão circular de 20 metros, Thiago Politi prepara receitas exuberantes, caso do veneto, que combina chá de hibisco, abacaxi, pimenta-rosa e alecrim tostado (R$ 18,00). Rua Jardim Botânico, 983, ☎ 99239-4969.

Êtta. Além da criativa lista de drinques, é possível optar pelo porrÊtta, elaborado pelo barman da casa de acordo com as preferências do cliente. O carÊtta funciona da mesma forma, mas sem bebida alcoólica, a R$ 14,90. Uma sugestão leva morango, limão, xarope de romã e tônica citrus. Rua Real Grandeza, 193, Botafogo (entrada pela Rua Henrique de Novais), ☎ 2530-4156.

Vizinho Gastrobar. Eleita a bartender do ano na última edição do especial COMER & BEBER, Jéssica Sanchez é adepta dos chamados mocktails. E fez questão de incluir em sua carta uma versão do shirley temple, o primeiro coquetel clássico não alcoólico da história. A mistura leva suco de romã, soda de gengibre artesanal e limão (R$ 20,00). Avenida das Américas, 8585, Barra (Vogue Square), ☎ 97154-0841.

Xian. A nova carta do elegante lounge, que compreende a varanda com vista estonteante da Baía de Guanabara, tem um capítulo dedicado aos coquetéis “virgens”. Uma das dicas do barman Rod Werner, o dalila reúne abacaxi, capim-limão e água de coco (R$ 18,00). Avenida Almirante Silvio de Noronha, 365, Centro (Bossa Nova Mall), ☎ 2303-7080.

Continua após a publicidade
Publicidade