Clique e assine por apenas 4,90/mês

Mestres-cucas badalados revelam seus restaurantes preferidos

Do restaurante para levar a família ao melhor café da manhã, quarenta chefs contam onde vão comer quando não estão dando expediente na própria cozinha

Por Fabio Codeço - Atualizado em 2 jun 2017, 12h12 - Publicado em 12 mar 2016, 01h00

Para o gourmet aplicado, os guias gastronômicos são uma verdadeira mão na roda. Com um universo de possibilidades a ser exploradas, é sempre bom consultar a opinião de quem tem experiência à mesa. Imagine, então, ter à disposição dicas daqueles que não só entendem de comer, como também sabem cozinhar. Reunir indicações desses especialistas foi o que motivou o jornalista e crítico gastronômico irlandês Joe Warwick. Um dos criadores do polêmico ranking World’s 50 Best, promovido pela revista inglesa Restaurant, que elenca os melhores restaurantes do mundo, ele criou uma espécie de guia gastronômico às avessas. No lugar de pôr a avaliação nas mãos de críticos, Warwick decidiu pedir aos cozinheiros que revelassem seus endereços prediletos em oito categorias, como “café da manhã”, “preferido da sua região” e “vale a viagem”. 

O resultado está no livro Where Chefs Eat (Phaidon), publicado pela primeira vez em 2013. A segunda edição, lançada no ano passado, contou com a colaboração de brasileiros como Alex Atala, Helena Rizzo e Bel Coelho. Ainda sem tradução para o português, o compêndio apresenta mais de 3 000 estabelecimentos, em setenta países. Inspirada na publicação, VEJA RIO escalou quarenta chefs para criar uma versão do guia, em que se mantiveram algumas perguntas elaboradas pelo autor e outras foram adaptadas para o perfil carioca, como “onde levar um amigo estrangeiro” e “onde fazer uma refeição leve” — a única regra por aqui é que eles não poderiam votar na própria casa. Ao final, 166 endereços foram mencionados. O resultado é um roteiro apetitoso feito pelos principais mestres-cucas da cidade. Dos mais simples aos mais sofisticados, passando por verdadeiros achados, descubra nas próximas páginas onde comem aqueles que mais entendem do assunto.

QUADRO CAPA 1
QUADRO CAPA 1
Katia Barbosa no Bar do Tino
Katia Barbosa no Bar do Tino

ENDEREÇO QUE É UM ACHADO 

1º – Bar do Tino (4 votos)

A vista é das mais bonitas do Rio de Janeiro, um panorama de quase 360 graus que engloba a Baía de Guanabara, o Pão de Açúcar e o Cristo. Mas o caminho até lá não é dos mais fáceis, já que a casa fica no alto do Morro dos Prazeres. Quem vence o desafio, porém, é recompensado não só com a paisagem. Tem ainda a simpatia da família Santana, proprietária do lugar, e as saborosas carnes assadas no bafo. Apresentada ao local durante a produção da primeira edição do especial COMER & BEBER DA PAZ, realizada por VEJA RIO em 2013 para premiar estabelecimentos em regiões pacificadas, a chef Katia Barbosa virou fã. “A comida é boa e barata, o atendimento é caloroso e a vista não tem preço”, atesta a cozinheira, que já levou vários amigos de fora, incluindo colegas de profissão como Onildo Rocha, expoente da gastronomia paraibana. Por 150 reais, o mistão serve até seis pessoas com frango, costela suína, carne de sol, linguiça e queijo de coalho, guarnecidos de arroz, feijão, farofa, feijão-tropeiro, baião de dois, batata e aipim fritos e vinagrete, tudo fresquinho. Morro dos Prazeres, ☎ 2225-5780 e 97461-6523.

TAMBÉM iINDICADOS: Aconchego Carioca, Adega Pérola, Arataca, Bar da Frente, Bar da Gema, Bar do Momo, Bar e Botequim Redentor, Bira, Brasserie Lapeyre, Café Botânica, Du Moçada, Ferro e Farinha, Filé de Ouro, Fim de Tarde, Formidable Bistrot, Galeto’s Copa Rio, Gávea Beach Club, Giro Leblon, L’Atelier du Cuisinier, Le Blé Noir, Mike’s Haus, Point de Grumari, Prosa na Cozinha, Puro, Refeitório, Tacacá do Norte, Umas e Ostras

Olympe fachada Ana Cecili
Olympe fachada Ana Cecili

PARA UMA OCASIÃO ESPECIAL

1º – Olympe (6 votos)

Com menus degustação a preços que variam de 370 a 425 reais por pessoa — no sistema à la carte, o prato principal mais barato sai por 108 reais —, a casa no Jardim Botânico não é mesmo para o dia a dia. Trata-se do mais sofisticado restaurante do célebre chef Claude Troisgros, onde ele apresenta, ao lado do filho, Thomas, suas criações mais arrojadas. São pratos contemporâneos com base em técnicas francesas, mas fortemente influenciados pelos ingredientes brasileiros. Uma cozinha autoral elaborada ao longo de mais de três décadas de Rio de Janeiro. “Quando penso em comemorar qualquer conquista, é para lá que vou”, conta Bianca Barbosa, do Aconchego Carioca, que estagiou na cozinha do franco-carioca. “Sou sempre bem atendido e a comida é espetacular, resultado da feliz união entre a jovialidade do Thomas e a bagagem do Claude”, completa Rafa Costa e Silva, do Lasai. Rua Custódio Serrão, 62, Lagoa, ☎2539-4542. 

TAMBÉM INDICADO: Alloro, Antiquarius, Azumi, Brasserie Lapeyre, Casa Vieira Souto, Chez L’Ami Martin, Cipriani, Fasano Al Mare, Gero, Irajá Gastrô, Laguiole, Lasai, Le Pré Catelan, Mee, Puro, Roberta Sudbrack, Térèze, Zazá Bistrô Tropical

Felipe Bronze no TT Burger
Felipe Bronze no TT Burger

O HAMBÚRGUER QUE VALE TODAS AS CALORIAS 

1º – T.T. Burger (11 votos)

O endereço disputou a preferência dos experts com o Comuna. Com um voto de diferença, saiu na frente a casa do filho de Claude Troisgros, Thomas, sócio nesta empreitada da grife Reserva. De perfil descolado, o negócio nasceu no Arpoador e expandiu-se para o Leblon e a Barra, sucesso que encontrou eco no gosto de mestres-cucas tarimbados como Pedro de Artagão, Frédéric de Maeyer, Frédéric Monnier e Felipe Bronze. Não é difícil entender por quê. Troisgros criou uma receita conceitual, com DNA brasileiro, algo que os cozinheiros adoram. Em pão de batata-doce, a mistura de acém, fraldinha e contrafilé vem acompanhada de queijo meia-cura, cebola agridoce, picles de chuchu, alface e tomate. “É irreverente, divertido de comer e tem a personalidade forte do Thomas”, elogia o amigo Bronze, que chama atenção para os picles artesanais e a batata chips, que trazem a acidez característica dos Troisgros. Artagão faz coro: “Ele ocupa um espaço entre o fast-food e o restaurante, um tipo raro na cidade”. Rua Francisco Otaviano, 67, Arpoador, ☎ 96458-8674. Mais dois endereços.

TAMBÉM INDICADOS: Bar do Momo, B de Burger, Caverna, Comuna, Hell’s Burger, Meating Homemade Burguer, The Fifties

Prato do restaurante Deusimar Sushi, em Ipanema
Prato do restaurante Deusimar Sushi, em Ipanema

O MELHOR DO BAIRRO 

1º – Deusimar Sushi (3 votos)

Com a experiência lapidada ao longo de dezessete anos em japoneses tradicionais, como Kotobuki e o saudoso Tanaka, o baiano Deusimar Coelho abriu o próprio restaurante em 2004. E consolidou sua marca com o preparo certeiro de especialidades nipônicas. Hoje, seus restaurantes viraram porto seguro não só para moradores do Leblon, de Ipanema e da Gávea, onde estão as quatro unidades da rede, mas também de bairros vizinhos. “É, de longe, o sushi de melhor custo-benefício da cidade”, atesta Cristiano Lanna, chef e sócio da Prima Bruschetteria, que mora no Humaitá, mas é frequentador assíduo. Seu sócio, Erik Nako, morador da Gávea, completa: “O bom é não inventar e ficar com os sushis mais simples, sempre frescos. O salmão skin é o melhor do Rio”, afirma. Rua Dias Ferreira, 559, Leblon, ☎ 2523-2017.

TAMBÉM INDICADOS: Adega Pérola, Alessandro e Frederico, Antica Osteria dell’Angolo, Azumi, Belmonte, Bar da Frente, Bar da Graça, Bar Lagoa, Bibi Sucos, Braseiro da Gávea, Braseiro de Copacabana, Cantina do Gaúcho, CT Trattorie, Delírio Tropical, Empório Jardim, Galeto do Leblon, Galeto Sat’s, Galo Carioca, Gula Gula, Jobi, Lapamaki, Luigi’s, Minimok, Nomangue, O Caranguejo, Origami, Papa Fina, Prima Bruschetteria, Prosa na Cozinha, Ráscal, Santa Satisfação, Versão Carioca, Viva Flor

Pedro Benoliel, Manu Zappa, Nathalie Passos, Elia Schramm
Pedro Benoliel, Manu Zappa, Nathalie Passos, Elia Schramm

ONDE TOMAR O MELHOR CAFÉ DA MANHÃ

1º – Empório Jardim (12 votos)

O ambiente é um charme. Na varanda coberta, o clima é rústico, com destaque para o jardim vertical feito de caixotes de feira. Na parte interna, paredes de cimento queimado e de tijolos aparentes contrastam com o neon sobre o balcão, dando um ar moderno ao lugar. Nesse cenário, são degustadas delícias apreciadas por doze dos chefs consultados na pesquisa, que escolheram o endereço como um destino ideal para um café da manhã especial. “Poder fazer o desjejum a qualquer hora do dia já é uma vantagem. Mas ainda há o gougère perfeito, os ovos marroquinos, a banana assada com manteiga de amendoim feita na casa…”, ressalta Elia Schramm, chef revelação no especial VEJA COMER & BEBER e comandante do contemporâneo Laguiole. Ele compartilha essa opinião com os amigos Nathalie Passos (Naturalie Bistrô), Pedro Benoliel (Buffet Monique Benoliel) e Manu Zappa (Prosa na Cozinha). Rua Visconde da Graça, 51, Jardim Botânico, ☎ 2535-9862. 

TAMBÉM INDICADOS: Apetite Café, Casa Carandaí, Chácara Tropical, Da Casa da Táta, Deli 43, Escola do Pão, Hotel Caesar Park, La Bicyclette, Maya Café, Meloá, Meza Bar, Pérgula, Plage Café, Rio Lisboa, Talho Capixaba

Claude Troisgros no Aconchego Carioca:
Claude Troisgros no Aconchego Carioca:

ONDE LEVAR UM ESTRANGEIRO 

1º – Aconchego Carioca (9 votos)

Inventora do bolinho de feijoada, Katia Barbosa tornou-se uma espécie de embaixadora da comida brasileira. Com o aval de Claude Troisgros, fã de primeira hora, deu nova vocação à Praça da Bandeira, atraindo comensais de todos os cantos. Sua casa laranja de janelas verdes recebe importantes mestres-cucas em visita à cidade. Já comeram sob o teto forrado de redes a britânica Nigella Lawson, o espanhol Andoni Luis Aduriz, do estrelado Mugaritz, e o francês Daniel Boulud, dono de empreendimentos em Nova York, Londres, Toronto e Singapura. Amigo de longa data, Troisgros não poupa elogios: “Ela é um gênio culinário. Faz cozinha brasileira tradicional de primeira, algo raro no Rio. Como é muito dedicada, dá toques pessoais e traz delicadeza a pratos corriqueiros”. No ano passado, a casa ganhou uma filial no Leblon, que já supera o movimento da matriz. Por mês, 15 000 clientes passam pelos salões das duas unidades.Rua Barão de Iguatemi, 379, Praça da Bandeira, ☎ 2273-1035; Rua Rainha Guilhermina, 48, Leblon, ☎ 2294-2913. 

TAMBÉM INDICADOS: Academia da Cachaça, Adega Pérola, Albamar, Aprazível, Bar do Alto, Bar do Cícero, Bar do Mineiro, Bar do Tino, Bar dos Descasados, Bar Urca, Bira, Escondidinho, Galeto Sat’s, Lasai, Minimok, Point de Grumari, Puro, Skunna, Zuka

Puro_ambiente térreo_João Chieppe
Puro_ambiente térreo_João Chieppe

PARA COMER COM OS AMIGOS   

1º – Puro (4 votos)

Numa bela casa na esquina das ruas Pacheco Leão e Visconde de Carandaí, o endereço, aberto em março de 2015, reforçou a vocação gourmet daquele pedaço do Jardim Botânico — onde também estão o Lorenzo Bistrô, a Casa Carandaí, o Prosa na Cozinha e o novato Bingo!. Domínio do chef Pedro Siqueira, revelação da sua geração, a cozinha expede pratos brasileiros com toques contemporâneos, como o lagostim com pupunha, compota de abóbora e miga crocante com laranja. “O Pedro apresenta uma gastronomia simples, mas feita com técnicas modernas e inovadoras, valorizando os produtos regionais”, destaca Paolo Lavezzini, do Fasano Al Mare. Em dias de temperatura mais amena, tente um lugar na varanda do 2o  andar, o ambiente mais agradável da casa. Rua Visconde de Carandaí, 43, Jardim Botânico, ☎ 3284-5377. 

TAMBÉM INDICADOS: Aconchego Carioca, Adegão Português, Amir, Anna, Antica Osteria dell’Angolo, Azumi, Bar da Gema, Braseiro da Gávea, Brasserie Rosário, Bráz, Casa da Suíça, Filé de Ouro, Galeto Sat’s, Giuseppe Grill, Irajá Gastrô, Laguna, Lorenzo Bistrô, Majórica, Mamma Jamma, Nova Capela, Paese, Prima Bruschetteria, Prosa na Cozinha, Quadrucci, Rio/Brasa, Rubayat Rio, Venga!

Ricardo Lapeyre Gruta de Santo Antonio
Ricardo Lapeyre Gruta de Santo Antonio

O RESTAURANTE QUE VALE A VIAGEM 

1º – Gruta de Santo Antônio, Niterói (12 votos)

O Rio está bem servido de endereços portugueses, mas, não é de hoje, a casa de Niterói tem feito muito gourmet atravessar a ponte para provar delícias da terrinha. “Não há um fim de semana sequer em que eu não acorde pensando no bacalhau do chef”, afirma Ricardo Lapeyre, chef da Brasserie Lapeyre. Só neste ano, o cozinheiro já esteve no reduto da família Henriques seis vezes. Suas visitas não passam sem o pastel de nata salgado, o arroz de pato e o rissole de camarão, sua mais recente descoberta. O quitute é feito pela própria matriarca, dona Henriqueta Henriques, que comanda o negócio ao lado dos filhos, Alexandre e Marcelo. “A massa, levíssima, é de outro mundo”, empolga-se Lapeyre, que não poupa elogios. “É um dos melhores restaurantes que conheço no Brasil.” Com um cardápio tentador, é bom tomar cuidado para não errar a mão. Ou a conta poderá causar certa indigestão. Rua Silva Jardim, 148, Centro, Niterói. ☎ 2621-5701 e ☎ 2613-0762. 

TAMBÉM INDICADOS: Almirantado (Angra dos Reis), Alvorada (Araras), Banana da Terra (Paraty), Bar do Zé (Búzios), Cremerie Genève (Nova Friburgo), Crescente (Nova Friburgo), Dona Irene (Teresópolis), Fazenda das Videiras (Petrópolis), Gosto com Gosto (Visconde de Mauá), Nami Gastrobar (Búzios), Noi (Niterói), Parrô do Valentim (Itaipava), Pizzaria Manjericão (Teresópolis), Rocka (Búzios), Rosmarinus (Visconde de Mauá), Sollar (Búzios), Trutas do Rocio (Petrópolis)

Prato Naturalie Bistro
Prato Naturalie Bistro

PARA UMA REFEIÇÃO SAUDÁVEL  

1º – Naturalie Bistrô (9 votos)

Inaugurado no ano passado, o restaurante vegetariano virou uma referência em culinária saudável na Zona Sul. E, nos momentos em que pensam em fazer uma refeição leve — sim, isso acontece de vez em quando —, nove dos chefs consultados dirigem-se até o charmoso sobrado em Botafogo. Decorado com esmero, para que o cliente se sinta como na própria casa, o lugar é empreitada da jovemchef Nathalie Passos, de apenas 23 anos, e vencedor do prêmio de melhor endereço de comida natural em VEJA COMER & BEBER. “Ela usa bons ingredientes com muita criatividade”, exalta Thomas Troisgros, chef do Olympe e que já esteve na casa quatro vezes. Entre as últimas receitas que provou, ele destaca o bolo integral de tomate seco, uma espécie de tortinha coberta de ricota de búfala defumada, tomate-cereja fresco e geleia de tomate. Rua Visconde de Caravelas, 11, Botafogo, ☎ 2537-7443.

TAMBÉM INDICADOS: Amir, Bibi Sucos, BioCarioca, Casa Carandaí, Celeiro, Delírio Tropical, Eça, Fontes, Gula Gula, Intihuasi, Lima Restobar, Market Ipanema, .Org Bistrô, Prana, Ráscal, Refeitório Orgânico, Savá, Universo Orgânico 

QUADRO CAPA 2
QUADRO CAPA 2
Publicidade