Imagem Blog

Beira-Mar

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro
Continua após publicidade

Chef Morena Leite inaugura restaurante de culinária brasileira-chique, e avisa: “Não sou do time da Bela Gil”

Será a estreia dela por aqui. Formada pela Le Cordon Bleu, em Paris, a chef Morena Leite, 35 anos, paulista, mas criada na Bahia, vai assinar seu primeiro cardápio no Rio. Na quinta (28), a dona do restaurante Capim Santo, com endereços em São Paulo e Trancoso, inaugura no Hotel Grand Mercure, na Barra, o […]

Por Daniela Pessoa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 25 fev 2017, 17h40 - Publicado em 23 jan 2016, 00h01
Fernando-Moraes

A chef Morena Leite: “Não sou do time da Bela Gil” (Crédito: Fernando Moraes)

Será a estreia dela por aqui. Formada pela Le Cordon Bleu, em Paris, a chef Morena Leite, 35 anos, paulista, mas criada na Bahia, vai assinar seu primeiro cardápio no Rio. Na quinta (28), a dona do restaurante Capim Santo, com endereços em São Paulo e Trancoso, inaugura no Hotel Grand Mercure, na Barra, o Í Bistrô, sobre o qual falou à coluna.

Como será o seu primeiro menu carioca? Brasileiríssimo. É baseado nas receitas dos cinco biomas do país: mar, montanha, floresta, sertão e cerrado. Particularmente, adoro tapioca e quinoa, mas estou longe de ser natureba. Não sou do time da Bela Gil, que substitui tudo por linhaça (risos).

Você trabalha com vários ingredientes nacionais e técnicas francesas, o que lembra muito a cozinha franco-carioca do Claude Troisgros… Ele é uma grande referência para mim. É um chef que faz tudo com carinho, e acredito que essa energia vai para a panela. Nos meus restaurantes, antes de começarmos o expediente, damos as mãos e rezamos.

Continua após a publicidade

Você já preparou jantares para ex-presidentes, como Lula e FHC. Alguém já a deixou de pernas bambas? Não, baiano é ousado! A Mariana Ximenes virou até madrinha da minha filha e grande companheira gastronômica. Dia desses, em Nova York, experimentamos dez menus degustação em 72 horas. Ela come o dobro do que eu como.

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DESSA SEMANA:

+ O segredo de Luana Piovani para recuperar a boa forma após gravidez de gêmeos

Continua após a publicidade

+ Curador holandês responsável por uma das mostras mais vistas no mundo leva Mondrian ao CCBB

+ Ex-panicat Juju Salimeni fala sobre estreia (e fantasia) no Carnaval carioca: “Já deixei meu legado em São Paulo”

+ Giovanna Grigio dá vida, em novela, a história real e trágica vivida pelo autor Walcyr Carrasco

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.