Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Teatro Casa Grande leva grandes nomes das artes para a calçada

Será uma espécie de calçada da fama, distribuída em 250 metros quadrados em frente ao número 290 da Avenida Afrânio de Melo Franco

Por Paula Autran Atualizado em 18 nov 2021, 19h26 - Publicado em 19 nov 2021, 08h00

Fundado em 1966, o Teatro Casa Grande foi palco de alguns dos mais importantes espetáculos montados no Rio.

Além da expressão artística, recebeu grandes debates políticos — foi lá que se deu a assinatura do ato que pôs fim à censura no Brasil, marco que valeu ao espaço o título de “território livre da democracia”, hoje estampado em seu foyer.

+ Bienal fantástica: edição pós-pandemia da feira de livros aposta na ficção

+ A obra de Adriana Varejão que pode ser vista em um restaurante da Barra

Tal dimensão histórica e cultural levou aos tombamentos municipal e estadual.

Agora, seu proprietário, Leo Haus, quer extrapolar os limites do prédio, anexo ao Shopping Leblon, com uma nova atração: uma espécie de calçada da fama.

Continua após a publicidade

+ A maior goleada da história do futebol brasileiro: arrisca um palpite?

+ Fazendeiro paulista paga 17 milhões por imóvel que visitou virtualmente

“A ideia é replicar a assinatura de grandes nomes da dramaturgia e da música que se apresentaram no Casa Grande ao longo desses 55 anos, mas nada em alto-relevo, para não provocar acidentes e não atrapalhar a circulação”, explica ele, que negocia a inauguração com os órgãos competentes para o primeiro semestre de 2022.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

A lista inicial de homenageados já tem oitenta nomes, a ser distribuídos em 250 metros quadrados em frente ao número 290 da Avenida Afrânio de Melo Franco.

Continua após a publicidade

Publicidade