Clique e assine com até 65% de desconto

Prefeitura estende duração de lockdown parcial na Zona Oeste

Após queda na curva do contágio por coronavírus, prefeitura decide manter bloqueio em alguns pontos da cidade

Por Marcela Capobianco Atualizado em 20 Maio 2020, 11h27 - Publicado em 20 Maio 2020, 11h24

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou, nesta terça (19), que as medidas restritivas adotadas pela Prefeitura para o combate ao novo coronavírus na capital serão estendidas por mais sete dias.

+ Rio tem maior queda na curva de contágio do coronavírus

De acordo com Crivella, as curvas de contágio na cidade estão caindo e isso reflete o resultado de ações que devem ser mantidas. “Em reunião com a Comunidade Científica, foi determinado que as medidas de contenção permanecem por mais sete dias. Nós estamos animados, porque a nossa curva de velocidade de contágio caiu para 0.039, estava 0.06 antes – lembrando que países da Europa só caíram assim com lockdown total. E nós fizemos aqui medidas ponderadas, a indústria não parou, alguns serviços e o comércio, mantidos os essenciais”, afirmou o prefeito.

O anúncio foi feito durante a inauguração de mais um dos 16 tomógrafos comprados na China pelo município e que estão sendo instalados em unidades de saúde e pontos estratégicos da cidade para aumentar o acesso da população ao diagnóstico precoce da Covid-19. O novo centro de imagens foi construído no estacionamento da UPA Cidade de Deus, na Zona Oeste, unidade administrada pela RioSaúde, que atende cerca de 12 mil pacientes por mês. Ao todo, são 27 tomógrafos adquiridos na atual gestão, com mais de 150 mil exames realizados.

+ Churrascaria no Recreio funciona normalmente, apesar de decreto

Além dos equipamentos, a Prefeitura está levando a áreas mais carentes da cidade polos de atendimento, cada um com 24 leitos, para monitorar as condições de saúde dos pacientes após os exames de imagem.

+ Água transparente na Baía de Guanabara é efeito da quarentena? Entenda

Na Cidade de Deus, o equipamento vai atender pacientes atendidos na UPA com indicação para o exame e pessoas que buscam as unidades de Atenção Primária – Clínicas da família e Centros Municipais de Saúde – da região.

Continua após a publicidade
Publicidade