Clique e assine com até 65% de desconto

Covid-19: média móvel de mortes no Rio sobe 152% em duas semanas

O aumento na média, em comparação a catorze dias atrás, é o maior desde 19 de maio, quando atingia-se o pico da pandemia

Por Carolina Barbosa Atualizado em 20 nov 2020, 14h53 - Publicado em 20 nov 2020, 13h29

Nesta quinta (19), o estado do Rio registrou 108 mortes e 2 118 casos do novo coronavírus, segundo os dados do último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), e um aumento de 152% na média móvel de mortes, em comparação com catorze dias atrás, o maior observado desde 19 de maio, quando o Rio estava no auge da pandemia. O panorama indica uma tendência de aumento no contágio da doença, pelo terceiro dia seguido, uma vez que o índice está muito além dos 15% considerados seguro.

+Coronavírus: plano de saúde bate recorde de beneficiários internados

Em solo fluminense, já são 334 514 contaminados e 21 806 óbitos desde o início da pandemia, em março. Com essa atualização, a média móvel passa a ser de 102 mortes e 1 724 casos diários.

+Carnaval: TV Globo ainda aguarda OK da Liesa para desfiles em julho

Quando se fala em casos, a média móvel é de 127%, número também relevante. A capital segue como a líder em registros de doentes e vidas perdidas. Ao todo são 129 631 casos contabilizados e 12 844 mortes.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade