Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vinoteca Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos

Como armazenar garrafas de vinho: de pé ou deitadas?

A tradição nem sempre tem razão. Entenda

Por Marcelo Copello Atualizado em 10 jun 2021, 20h39 - Publicado em 10 jun 2021, 11h53

Devo guardar minhas garrafas de pé ou deitadas?

A tradição diz que as garrafas vedadas com rolhas de cortiça devem ficar deitadas. Esta posição seria ideal, pois assim o vinho manteria a rolha úmida, para não secar.

Mas a realidade não é bem assim. Segundo cálculos de um obcecado e saudoso engenheiro amigo, Edgar Rechtschaffen, para que a rolha fique úmida bastaria deixar a garrafa deitada algo como 5 minutos a cada seis meses. Para garrafas de espumante isso nem seria necessário, pois sua rolha tem partes maciças. E para as garrafas vedadas com tampa de rosca o ideal é de pé mesmo.

Mas devemos deixar então as garrafas de pé? Tecnicamente está provado que não é necessário deixar as garrafas deitadas, mas, se você tem uma adega, é muito mais prático armazenar garrafas deitadas. Garrafas de pé ocupam mais espaço. Em minha casa ficam todas deitadas, por uma simples questão de praticidade.

E você guarda suas garrafas de pé ou deitadas? Ou não guarda e bebe todas logo?

Continua após a publicidade
Publicidade