Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Gregorio Duvivier alfineta Boninho, diretor do BBB: “Talvez esteja doente”

Na contramão dos famosos que dão opinião sobre todas as tretas do programa, ator escreveu crônica com críticas contundentes ao reality show

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 10 fev 2021, 14h29 - Publicado em 10 fev 2021, 14h27

O Big Brother Brasil não sai dos trending topics do Twitter e das conversas de WhatsApp. Afinal, as tretas surgem em progressão geométrica na casa mais vigiada do país.

Diversos famosos vêm acompanhando o reality e dividindo suas impressões com o público.

+ Rainha das lives e do BBB: Teresa Cristina faz comentários afiados sobre o programa

Nesta quarta (10), o ator Gregorio Duvivier escreveu uma contundente crônica sobre o BBB, desaconselhando os leitores a assistir. O artista chega a provocar Boninho, diretor da atração:

+ Sete lições que o BBB 21 já nos ensinou

Continua após a publicidade

“Não me interessa assistir a nenhum reality com pessoas que aceitaram participar de um reality. Entre aqueles que se dispõem a ser filmados 24 horas por dia, a emissora impõe um segundo filtro, escolhendo as 20 pessoas que vão render mais confusão, logo audiência, logo dinheiro. Ou seja: o programa não diz muito sobre o ser humano, diz muito sobre o que o Boninho pensa que o ser humano gostaria de ver num ser humano. Ou melhor: não dá pra dizer, pelo Big Brother, que a humanidade está doente. Dá pra dizer que o Boninho talvez esteja”, escreve o fundador do Porta dos Fundos.

Em outro trecho do texto, Gregorio afirma que Lucas Penteado, que abandonou o reality, deveria receber R$ 1,5 milhão.

+ Campanha para Lucas receber valor do prêmio faz termo ‘vaquinha’ bater recorde de busca no Google

“Não à tôa, a pessoa mais querida do público foi a que não topou jogar o jogo. Essa pessoa, sim, merecia um prêmio: Parabéns, Lucas, toma R$ 1,5 milhão. Você foi o primeiro a perceber que a humanidade é melhor do que isso aqui. A coisa mais bonita que já aconteceu nesse jogo foi a recusa em jogá-lo. O gesto podia servir de recado pra gente. A humanidade é melhor que aquilo lá”, finaliza o ator e apresentador.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Boninho, por sua vez, não se manifestou sobre as críticas recebidas.

Continua após a publicidade
Publicidade