Comer & Beber 2014

Restaurateur do ano: Marcelo Torres

Responsável por cinco casas bem-sucedidas, ele aposta no atendimento personalizado para cativar a clientela

Por: Fabio Codeço - Atualizado em

Marcelo Torres
Marcelo Torres: mais três prêmios na prateleira (Foto: Tomás Rangel)

Homem de gostos refinados, Marcelo Torres se incomodava com a falta de alternativas para o almoço no Centro, onde funcionava a empresa em que trabalhava na época, no ramo de administração imobiliária. Acabou vendo ali um filão. E uma boa oportunidade para pôr em prática um velho sonho. Nascia assim, em 1993, o Giuseppe, restaurante especializado na cozinha italiana regional, que completa 21 anos em 2014. Apoiado numa fórmula infalível — atendimento atencioso, boa comida e ambiente elegante —, o empreendimento prosperou e abriu caminho para novos negócios, que o restaurateur faz questão de acompanhar de perto. Para criar um canal direto de comunicação com a clientela, por exemplo, ele entrega junto com a conta um cartão de visitas com seu e-mail pessoal. Cerca de vinte mensagens chegam por dia, e ele garante que responde a todas. “É um retorno imediato sobre falhas de que, talvez, eu nem tomasse conhecimento”, explica. Tem dado certo. Seus cinco restaurantes vão muito bem. A maior prova disso é a participação massiva de suas casas entre os premiados desta edição do especial COMER & BEBER. O empresário, à frente do Grupo Best Fork, terá de abrir espaço na prateleira. Além de restaurateur do ano, seu segundo campeonato na categoria, ele sobe ao pódio para receber as placas de melhor contemporâneo para o Laguiole e de melhor carne para o Giuseppe Grill.

Fonte: VEJA RIO