Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Teatro on-line: seis peças em cartaz para assistir sem sair de casa

Júlia Rabello dá vida à preterida de Romeu, Clarice Niskier apresenta peça com músicas de Zeca Baleiro e Arlindo Lopes encena espetáculo inédito

Por Marcela Capobianco Atualizado em 13 ago 2020, 20h44 - Publicado em 13 ago 2020, 18h02

Teatro on-line é uma realidade que tem tudo para se manter mesmo após a reabertura das casas de espetáculo. VEJA RIO selecionou algumas peças que estrearam há pouco com temporada virtual. Nem precisa sair de casa para assistir.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

A Esperança na Caixa de Chicletes Ping-Pong.

Clarice Niskier: A Esperança na Caixa de Chicletes Ping-Pong ganhou versão on-line Zé Rendeiro/Divulgação

Clarice Niskier tinha acabado de estrear o monólogo no Teatro Petra Gold quando a pandemia do novo coronavírus cerrou as cortinas desse e de todos os outros teatros. A Esperança na Caixa de Chicletes Ping Pong pode ser vista on-line, às quintas, às 17h. No solo afetivo, a atriz declara o seu amor ao Brasil e à música produzida por aqui. O espetáculo reúne 59 músicas do maranhense Zeca Baleiro e faz uma colagem de textos de intelectuais como Sérgio Buarque de Holanda e Ferreira Gullar. A supervisão de direção é de Amir Haddad. Quintas, 17h. R$ 10. Ingressos pelo site do Teatro PetraGold. Até 27 de agosto.

+ Teatro on-line: novos públicos e rentabilidade

Romeu & Julieta (e Rosalina).

Romeu & Julieta (e Rosalina): Julia Rabello encara a preterida do mocinho mais famoso das histórias de amor Cristina Granato/Divulgação

Todo mundo conhece a trágica – e apaixonante – história de Romeu e Julieta, certo? No entanto, poucos espectadores se dão conta de que, no início da trama, o mocinho vai ao baile de máscaras à procura de Rosalina, jovem por quem está apaixonado. Ao se deparar com Julieta, Romeu se esquece imediatamente da suposta primeira paixão e aí se desenrola um dos enredos mais famosos de todos os tempos. Sábados e domingos, 17h. R$ 10. Ingressos pelo site do Teatro PetraGold. Até 30 de agosto.

+ Maria Ribeiro: “Jamais imaginei que choraria o fim de um estabelecimento”

Poema Em Queda-Livre.

Poema em Queda-Live: primeiro episódio tem apresentação no domingo (16) João Leoci/Divulgação
Continua após a publicidade

No próximo domingo (16), a Companhia Mungunzá apresenta o primeiro episódio do espetáculo Poema Em Queda-Live, uma narrativa digital inspirada no argumento do espetáculo Poema Suspenso para uma Cidade em Queda. A fábula contemporânea foi originalmente levada ao palco pela companhia em 2015 e é agora recriada em ambiente virtual. Com o título A Roteirista da Sua Vida e o Homem Que Morava Dentro do Sofá, a primeira parte da peça terá transmissão no YouTube do Sesc São Paulo e na página do Sesc Ao Vivo no Instagram, com apresentações também nos dias 18 e 20 de agosto no canal do Sesc Bom Retiro no YouTube. O segundo e terceiro episódios serão apresentados a partir de setembro pelas redes sociais da própria companhia. A direção é de Luiz Fernando Marques, do Grupo XIX de Teatro, e dramaturgia de Verônica Gentilin, que integra o elenco criador ao lado de Leonardo Akio, Lucas Bêda, Marcos Felipe, Pedro Augusto, Sandra Modesto e Virginia Iglesias. Domingo (16), 21h30, no canal do YouTube e redes sociais do Sesc SP. Grátis.

+ Crítica: com pinceladas de Shakespeare, espetáculo on-line dá plenos poderes ao espectador

Na Hora do Adeus.

Na Hora do Adeus: reflexão sobre a vida com temas espinhosos abordados de um jeito leve Leo Pergaminho/Divulgação

A peça, que vinha sendo apresentada em teatros físicos, também ganhou versão on-line. Escrita por Jarbas Capusso Filho e com direção de Daniel Dias da Silva, o espetáculo é encenado pelo Instagram, pelos perfis dos atores Kenny Alberti e Marcus Tardin. O textopropõe uma reflexão sobre a vida abordando, de forma leve, temas como alcoolismo, depressão e suicídio. Ao fim de cada apresentação, os artistas batem um papo com o público. Domingos, 19h. Instagram: @marcustardin ou @kennyalberti. Ingresso: contribuição consciente

Leonilson – Todos Os Rios Levam À Sua Boca.

A peça inédita estrelada por Arlindo Lopes dialoga com as palavras e obras de José Leonilson, artista integrante da geração da década de 80. Ele era conhecido pelo viés autobiográfico de suas pinturas, bordados e objetos. Construída a partir de gravações, escritos e sonhos do artista plástico, a dramaturgia atravessa os pensamentos de Leonilson sobre seu processo criativo, suas memórias de infância, suas paixões e sua relação com a AIDS. Terças e quartas, 17h. R$ 10. Ingressos pelo site do Teatro PetraGold. Até 26 de agosto.

Follow me, na Pandemia.

Follow-Me na Pandemia: peça foi adaptada para abordar o momento ‘virado ao avesso’ em que vivemos Divulgação/Divulgação

A montagem virtual baseada na peça Follow me, baby, de Ivan Jaf, foi contemplada no edital Cultura Presente nas Redes, do Governo do Estado do Rio de Janeiro/SECEC-RJ e é exibido na página do Facebook da atriz e diretora Rose Abdallah, às terças, a partir das 19h. Laura (Rose Abdallah) é uma atriz decadente que volta a trabalhar em uma grande emissora de TV e recebe uma proposta do diretor de marketing, Cavalcante (Diogo Camargos), tendo que optar entre a sua dignidade e a chance de finalmente conseguir estabilidade econômica. Em tempos de pandemia, como Laura e Cavalcante irão lidar com os impactos do “novo normal” em suas vidas? A direção-geral é de Rose Abdallah e o texto foi adaptado por Juliana Búrigo. Terças, 19h. Página do Facebook Atriz Rose Abdallah. Até 25 de agosto. Grátis.

Continua após a publicidade

Publicidade