Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rio terá concertos a preços populares durante o mês de março

A Orquestra Rio Sinfônica apresenta festival em homenagem ao compositor Beethoven em todos os sábados do mês, na Cidade das Artes

Por Agência Brasil Atualizado em 1 mar 2021, 14h41 - Publicado em 1 mar 2021, 12h16

Em continuidade às comemorações pelos 250 anos de nascimento do compositor alemão Ludwig van Beethoven, completados em 2020, a Orquestra Rio Sinfônica apresenta, em todos os sábados do mês de março, às 19h, o Beethoven Fest.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Trata-se de uma série de concertos a preços populares, que será realizada na Grande Sala da Cidade das Artes, com patrocínio do Ministério do Turismo e da empresa Innospec. Os ingressos têm valores de R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada) e podem ser adquiridos na bilheteria da Cidade das Artes de terça a domingo, das 10h às 18h, ou pelo site.

O idealizador do evento é o pianista Nivaldo Tavares, que está à frente da recém-criada Orquestra Rio Sinfônica. O objetivo, segundo ele, é proporcionar um mergulho na obra do mestre alemão, (re)apresentando suas obras mais populares ao público em concertos dinâmicos. Devido ao período de isolamento social, a capacidade da sala, originalmente de 1 234 lugares, receberá 617 espectadores (50% da lotação).

+ Série de eventos no Rio vai marcar os 90 anos do Cristo Redentor

Continua após a publicidade

Programa

No concerto de abertura, em 6 de março, a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro se apresenta com solo de Nivaldo Tavares ao piano, sob a regência de Mario Barcelos. No programa, estão o Concerto para Piano No. 1, Op. 15 e a Sinfonia No. 1, em Dó Maior, Op. 21.

No sábado seguinte (13), sob a regência do português Osvaldo Ferreira, diretor da Filarmônica de Lisboa, a Orquestra Rio Sinfônica e o solista Nivaldo Tavares executam o Concerto para Piano No. 5, Op. 73, Imperador, e a Sinfonia No. 6, em Fá Maior, Op. 68, Pastoral.

+ CasaCor Rio celebra 30 anos com programação presencial e digital

No dia 20, a Rio Sinfônica recebe o pianista Eduardo Monteiro, com regência de Tobias Volkmann. Fazem parte do programa o Concerto para Piano No. 3, Op. 37 e a Sinfonia No.7, em Lá Maior, Op. 92.

A programação será encerrada em 27 de março, quando subirão ao palco, junto com a Rio Sinfônica, a pianista argentina Karin Lechner; a violinista paulistana Ana de Oliveira, spalla da Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminene (UFF); e o violoncelista gaúcho Hugo Pilger, ‘spalla’ do naipe na Orquestra Petrobras Sinfônica. A regência será de Mario Barcelos. No programa, o Concerto Tríplice, em Dó Maior, Op. 56 e a Sinfonia No.5, em Dó Menor, Op. 67.

Continua após a publicidade
Publicidade