Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Após sessões on-line, monólogo Riobaldo volta aos palcos na Laura Alvim

Adaptação de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, montagem é encenada pelo ator Gilson de Barros, com direção de Amir Haddad

Por Marcela Capobianco Atualizado em 19 mar 2021, 09h45 - Publicado em 19 mar 2021, 06h00

Adaptação de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, o monólogo Riobaldo mal tinha estreado, em março do ano passado, quando os teatros cerraram as cortinas. De lá para cá, o ator Gilson de Barros, responsável também pelo texto, explorou as possibilidades do teatro on-line com a montagem.

+ Mostra no Parque Lage conta a história do palacete histórico no Jardim Botânico

No início do mês, ele reencontrou o público no palco do teatro da Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. A peça aborda as paixões e as relações amorosas do ex-jagunço que se torna um poderoso dono de terras.

+ Três monólogos elogiados para assistir em casa

Ao rememorar Diadorim, Nhorinhá e Otacília, o complexo protagonista reflete sobre Deus e o diabo e conclui: o que a vida espera da gente é coragem. A direção é de Amir Haddad.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema. Sex. e sáb., 20h. R$ 50,00. Ingressos pelo sympla.com.br. Até 27 de março.

+ Na Casa Roberto Marinho, obras de Portinari e Di Cavalcanti dialogam com produções recentes

Continua após a publicidade
Publicidade