Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Beatriz Milhazes, Ernesto Neto e Luiz Zerbini voltam ao Parque Lage

A exposição Parque reúne textos, fotos, vídeos e obras que exaltam a história do espaço e sua representatividade para a cultura

Por Marcela Capobianco Atualizado em 19 mar 2021, 09h43 - Publicado em 19 mar 2021, 06h00

Todo mundo conhece o belo palacete do Parque Lage e a piscina instagramável em que os frequentadores fazem fila para garantir uma pose, mas poucos sabem detalhes da história do local, erguido na década de 20 e tombado como patrimônio da nossa cidade.

+ Na Casa Roberto Marinho, obras de Portinari e Di Cavalcanti dialogam com produções recentes

Com curadoria de Ulisses Carrilho, a exposição Parque reúne textos, fotos e trabalhos de linguagens artísticas variadas, exaltando a história e a representatividade do espaço para a cultura carioca.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Um colorido mural de 4 por 6 metros (foto), produzido por Bernardo Magina, artista e professor da Escola de Artes Visuais, que funciona no local, recepciona os visitantes mesclando referências arquitetônicas a outras imagens registradas no local.

Continua após a publicidade

+ Paço Imperial abriga mostra de fotografias de Vicente de Mello

As galerias exibem obras de ex-alunos da EAV, como Beatriz Milhazes, Ernesto Neto, Luiz Zerbini e RafaelBQueer, além de uma videoinstalação, de Daniel Jablonski, com edição de filmes nacionais e estrangeiros que tiveram o palacete como locação.

+ Casa França-Brasil recebe o público com expoentes da arte contemporânea

Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico. Todos os dias, 9h/17h. Grátis. Agendamento pelo sympla.com.br. Até 30 de julho.

 

Continua após a publicidade
Publicidade