Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Celebrando 40 anos de estrada em 2022, Nando Reis anuncia projeto com Pitty

Artista realiza show beneficente no Hotel Emiliano e comemora volta aos shows presenciais: "Tem sido emocionante ver pessoas reunidas, felizes e protegidas"

Por Kamille Viola Atualizado em 22 nov 2021, 18h52 - Publicado em 22 nov 2021, 18h51

De volta aos shows “à moda antiga”, com plateia no dia 2 de dezembro, ele realiza uma apresentação beneficente no terraço do Hotel Emiliano —, Nando Reis se prepara para comemorar 40 anos de carreira em 2022. Em conversa com Veja Rio, ele contou como passou o período mais crítico da pandemia e anunciou um projeto ao lado de Pitty, entre outros assuntos.

+ Lugar de cantor (a/e) é (também) no rádio e na editoria de música

As quatro décadas de trajetória são contadas a partir do primeiro show que Nando realizou, ao lado de sua antiga banda. “Vinte anos de Titãs, período superimportante da minha vida, fiz discos magníficos, e fico pensando que há 40 anos que eu estou fazendo isso… Que é muito tempo”, reflete. “De fato, tem uma situação que eu sei que é privilegiada, do ponto de vista de poder trabalhar com o que eu gosto. Mas, por outro lado, eu trabalho muito há 40 anos ininterruptamente”, analisa ele.

+ Já é Natal: as atrações natalinas nos shoppings cariocas

Enquanto celebra o retorno aos shows com plateia, ele comenta que a situação adversa para o meio artístico já vinha de antes. “Tem sido emocionante ver pessoas reunidas, felizes e protegidas. A maioria dos espaços em que fiz show foram lugares abertos e todo mundo exigindo a carteira de vacinação para entrar. Está maravilhoso”, diz. “A volta dos eventos culturais tem sido muito importante. O cenário está hostil na arte desde que esse governo, esse presidente assumiu. Minha expectativa é que termine esse pesadelo no ano que vem”, desabafa.

 + Nordeste sinfônico: Elba Ramalho homenageia região ao lado da OSB

Apesar disso, ao contrário do que aconteceu com muitos artistas, o período de maiores restrições da pandemia foi bastante produtivo para Nando. “Trabalhei até que muito, fiz todos os tipos de evento, muitas lives no ano passado, drive-ins, gravações. Criativamente, foi um bom período”, avalia. “Na verdade, não muito diferente do que sempre é: com momentos de afastamento e, digamos, pouca produtividade, e outros com mais. Eu não tenho uma rotina exatamente, desse ponto de vista. Em alguns momentos, quando estou produzindo, envolvido com algum trabalho, fico debruçado s0bre ele até terminá-lo. Mas eu também me permito ficar dias, semanas sem fazer nada”, comenta. 

Continua após a publicidade

+ De volta ao circuito: Centro de Arte Hélio Oiticica reabre as portas

O artista explica que, no momento, sua prioridade é realizar shows que foram desmarcados no ano passado. Mas ele anuncia os próximos passos: “Dar inicio à minha turnê, Nando Hits. Tenho um projeto incrível para fazer com a Pitty: a gente vai fazer um show juntos no João Rock (em 11 de junho de 2022, em Ribeirão Preto, São Paulo), e isso certamente terá desdobramentos”, adianta.

+ Diálogos culturais: Bela Bienal reúne 130 artistas, entre nacionais e estrangeiros

No show no hotel Emiliano, com direito a vista para a Praia de Copacabana, ele se apresenta acompanhado por seu violão, com um repertório com sucessos como All Star, Diariamente, Relicário e O Segundo Sol, entre outros. O evento faz parte de uma ação do hotel em prol do Solar Meninos de Luz, que traz ainda Ney Matogrosso no dia 3 de dezembro. Cada noite terá menu assinado pelo chef Camilo Vanazzi, com couvert, entrada, principal e sobremesa, além de bebidas não alcoólicas, espumante, vinho branco e tinto,

Hotel Emiliano. Avenida Atlântica, 3.804, Copacabana. 2 e 3 de dezembro, 19h (jantar) e 22h (show). Informações pelo eventos@rj.emiliano.com.br. R$ 3 mil a 3,5 mil.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade