Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Mestre cearense da arte em couro ganha exposição no Centro do Rio

Mestre de Ofício Espedito Seleiro reúne noventa peças do artista cearense no Crab, do Sebrae, a partir desta sexta (3)

Por Marcela Capobianco 30 ago 2021, 16h07

Espedito Seleiro, considerado um mestre da arte em couro, ganha, nesta sexta (3), uma exposição no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), na Praça Tiradentes, Centro do Rio.

+ A melhor forma de redescobrir o Rio? A pé, é claro

Estarão por lá noventa peças do artista cearense de 81 anos, entre roupas, malas, baús e a icônica Sandália de Alemberg, confeccionada em couro curtido, inspirada no calçado que o pai dele, Raimundo Seleiro, fez para o cangaceiro Lampião no início do século passado.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O visitante da exposição Mestre de Ofício Espedito Seleiro terá uma experiência sensorial ao percorrer as galerias, com paisagens sonora, visual e tátil das obras, conhecendo também o processo criativo e as técnicas de trabalho empregadas pelo artista.

Continua após a publicidade
Roupa de vaqueiro em couro
Espedito Seleiro: exposição no Crab tem peças como a roupa de um vaqueiro, feita em couro André Cyriaco/Divulgação

Natural de Arneiroz (CE), Espedito Velozo de Carvalho adotou o sobrenome Seleiro por vir de uma família de vaqueiros e seleiros.

+ Rio vai cobrar passaporte de vacinação em pontos turísticos, cinemas e teatros

Foi no Cariri cearense que ele criou raízes e iniciou sua carreira como artesão. Tornou-se um dos principais marcos da cultura nordestina. O mestre hoje mora em Nova Olinda, na região do Cariri, Sul do Ceará.

Os produtos do mestre Espedito Seleiro estarão disponíveis para aquisição no CRAB. A comercialização será via QRCode.

Abertura: sex. (3). Praça Tiradentes, 67. Ter. a sáb., 10h/17h. Grátis. Até fevereiro de 2022. Outras informações no site.  

Continua após a publicidade
Publicidade