Imagem Blog

Otavio Furtado

Por Otavio Furtado, jornalista e consultor de diversidade & inclusão Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

TIM Music Rio celebra a diversidade em shows gratuitos em Copacabana

Ao escalar os artistas para o line-up, festival que acontece em dois finais de semana apostou em representatividade

Por otavio_furtado Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
29 abr 2024, 07h55

Além de oferecer shows com artistas renomados da música brasileira, de forma gratuita nos dias  25 e 26 de maio e 1º e 2 de junho, na Praia de Copacabana, o festival TIM Music Rio celebrará também a diversidade. Para isso apostou em um line-up com bastante representatividade.

“Acreditamos que, ao proporcionar um palco que celebra essa rica diversidade de talentos e histórias, estamos contribuindo para a construção de um cenário musical mais inclusivo, onde cada pessoa possa se ver e se sentir representada”, explica Camila Ribeiro, Diretora de Advertising e Branding da TIM.

Já no primeiro dia (25/05), Baco Exu do Blues leva o rap e suas reflexões sobre a importância da autoestima de pessoas pretas para o palco do festival. Em entrevista à Gabriela Prioli, em 2022, o artista contou que o racismo causou problemas de autoestima em sua vida: “Foram, de fato, 25 anos até que eu me olhasse e falasse eu sou importante”. No mesmo dia, Marina Sena se apresenta no festival.

A representatividade feminina no line-up também é destaque. Além de Marina, Marvvila, Roberta Sá, Preta Gil e Iza sobem no palco montado nas areias de Copacabana. “Iza, que é embaixadora da marca TIM, é uma mulher negra que sempre se posiciona em causas importantes”, destaca Camila Ribeiro.

Continua após a publicidade

Haverá também uma homenagem a Beth Carvalho, no dia 26/05, com Marvvila, Roberta Sá e Diogo Nogueira. No mesmo dia a comunidade LGBTQIA+ será representada por Gloria Groove, que também é uma das atrações na data.

A comunidade queer também será celebrada no dia 01/06, data que abre o Mês do Orgulho LGBTQIA+, quando Preta Gil recebe Thiago Pantaleão. O show abre a noite que terá na sequência todo o poder e hits de Iza.

Fechando a programação, no dia 02 de junho, dois artistas negros se apresentam: Rael e Djavan. Dessa forma o festival TIM Music Rio confirma sua vocação com a pluralidade. “Vamos ocupar mais uma vez as areias de Copacabana com um evento cuja marca principal é a diversidade”, destaca Rafaello Ramundo, diretor artístico do evento e sócio diretor da produtora Novo Traço.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.