Clique e assine por apenas 3,90/mês

Grátis: galeria em Ipanema reabre com provocações sobre o futuro

Fotografias, vídeos, instalações e pinturas integram a exposição Como Habitar o Presente?, que vai receber três pessoas por vez

Por Marcela Capobianco - 12 out 2020, 12h00

Fechada ao público desde março, a galeria Simone Cadinelli, em Ipanema, reabre nesta terça (13), com a terceira e última fase do projeto Como Habitar o Presente?

Entre julho e setembro, a galeria exibiu obras na vitrine, voltadas para quem passasse pela rua. Os trabalhos artísticos também foram expostos on-line.

+ Denise Weinberg e Clarisse Abujamra vão apresentar peças on-line

Agora, a exposição presencial reúne obras de 21 artistas, num exercício de antecipar o futuro, estabelecer rupturas, utopias e compartilhar sonhos.

A curadoria é de Érika Nascimento. “Esta exposição marca, ao mesmo tempo, o momento de reabertura e a finalização desta reflexão tríplice temporal, com obras em diferentes suportes e linguagens, como fotografia, vídeo, instalação, pintura e objetos”, comenta a curadora.

O público poderá assistir aos 29 vídeos dos 27 artistas que fizeram parte do Ato 1 e do Ato 2, exibidos de julho a setembro na vitrine da galeria.

+ Julia Lemmertz apresenta peça gratuita pelo YouTube

Continua após a publicidade

Quem prefere ficar em casa pode conferir os trabalhos artísticos pelo site da galeria, que conta com um tour 3D.

Como Habitar o Presente? Ato 3 – Antecipar o futuro é composto por trabalhos de artistas como Agrade Camíz (Rio), Caroline Valansi (Rio), Claudio Tobinaga (Rio), Denilson Baniwa (Mariuá, Amazonas), Efe Godoy (Sete Lagoas, Minas), Fernanda Sattamini (Rio), Isabela Sá Roriz (Rio), Jimson Vilela (Rio, vive em São Paulo), Leandra Espírito Santo (Rio, vive em São Paulo), Pedro Carneiro (Rio), Rafael Adorján (Rio), Simone Cupello (Niterói), entre outros.

+ A programação dos museus que já voltaram a receber o público

A galeria vai seguir todos os protocolos no combate à Covid-19. Haverá aferição de temperatura na entrada, tapetes sanitizantes, uso obrigatório de máscaras de proteção, álcool em gel, além de restrição ao número de visitantes, que será de, no máximo, três pessoas por visita.

A mostra fica em cartaz até janeiro de 2021.

A galeria Simone Cadinelli fica na Rua Aníbal de Mendonça, 171, em Ipanema. Segunda a sexta, 13h/18h. Sábados: visitas com agendamento (3496-6821 ou 99842-1323 – WhatsApp).

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade