Clique e assine por apenas 3,90/mês

A programação de cinco museus que já voltaram a receber o público

Com distanciamento, álcool gel e redução da capacidade, MAM, Museu do Amanhã, Casa Roberto Marinho, IMS e MAR têm novas exposições

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 18 set 2020, 15h41 - Publicado em 18 set 2020, 06h00

Confira as exposições em cartaz no Rio:

+ Fazenda urbana na Barra da Tijuca vê vendas aumentarem na pandemia

MAM Rio.

Ivan Serpa: obra sem título do mestre do concretismo pode ser admirada no MAM Romulo Fialdini e Valentino Fialdini/Divulgação

A instituição reabriu com novo horário de funcionamento e sem cobrança obrigatória de ingresso — o visitante paga quanto julgar adequado. Ficou a cargo do artista Thiago Rocha Pitta o lançamento do Programa Intervenções, com projetos visuais para a área externa da instituição. A obra Noite de Abertura é composta de um vídeo de uma fogueira queimando e uma escultura no foyer do museu. Na parte interna, a coletiva Campos Interpostos, que reúne peças do acervo do MAM, como o quadro de Ivan Serpa (foto acima), marca o novo momento do museu, sob direção artística da dupla Keyna Eleison e Pablo Lafuente.

Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Grátis.

+ AquaRio modifica percurso de visitantes para evitar aglomerações

Museu de Arte do Rio.

O MAR abrirá a partir do dia 22 de setembro, recebendo grupos de até sessenta pessoas em três horários por dia. Há duas exposições montadas no local. Casa Carioca, a primeira, reúne 600 obras de mais de 100 artistas, como a pintora Ione Saldanha. Trabalhos criados durante o período de isolamento social também fazem parte da seleção. A segunda mostra é a individual da niteroiense Aline Motta, que convida o público a mergulhar na história da sua família, refletindo sobre a escravidão e as relações desiguais.

Praça Mauá, 5, Centro. Grátis. Ingressos no museudeartedorio.org.br.

+ Cinemas Drive-In apostam em clássicos para arrebatar o público

Casa Roberto Marinho.

Reaberto no início de setembro, o espaço inaugura duas exposições no dia 3 de outubro. A mostra Enquanto, no térreo, vai reunir obras produzidas durante o período de isolamento por Carlos Vergara, Luiz Aquila, Roberto Magalhães, entre outros. No 2º andar estará a coletiva Livros e Arte. Serão 187 trabalhos, de pinturas a livros, passando por gravuras e esculturas de nove artistas. Entre eles, Ferreira Gullar, Luiz Zerbini e Wanda Pimentel. Os jardins do casarão, convite a um respiro, contam com instalações fixas de artistas como Raul Mourão e Maria Martins (foto abaixo).

Continua após a publicidade

Rua Cosme Velho, 1105. Grátis até 4 de outubro. Ingressos no casarobertomarinho.org.br.

O implacável Maria Martins/Divulgação

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Instituto Moreira Salles.

A casa em estilo modernista com um suntuoso jardim na Gávea já está recebendo visitas, mas os interessados  devem marcar o passeio pelo site. No dia 10 de outubro abre a mostra em homenagem ao cineasta Eduardo Coutinho (foto abaixo), que morreu em 2014. Ela aborda a trajetória do documentarista, sua obra e seu processo de criação. Um rico material audiovisual será exposto junto a documentos, objetos e fotos do acervo pessoal do diretor de filmes como Edifício Master e Jogo de Cena. A curadoria é de Carlos Alberto Mattos.

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Grátis. Ingressos no imsrio.byinti.com.

Eduardo Coutinho IMS/Divulgação

+ Peças que abordam dramas humanos ganham espaço na web

Museu do Amanhã.

Conhecido pelos equipamentos ultramodernos e pela interatividade, o espaço dedicado à ciência modificou o percurso de visitação para evitar aglomerações e redobrou a higienização de equipamentos manipulados pelos visitantes, como as grandes telas e computadores. A exposição de longa duração ganhou informações sobre a pandemia com o Coronaceno, instalação que mostra como a humanidade tem avançado cada vez mais sobre lugares remotos, fazendo mau uso dos recursos naturais, provocando desequilíbrios e o surgimento de epidemias.

Praça Mauá, 1, Centro. R$ 26,00. Ingressos no museudoamanha.org.br.

 

Museu do Amanhã Museu do Amanhã/Divulgação

+ Maria Ribeiro: “Meu Brasil é o que toca no rádio”

Continua após a publicidade
Publicidade