Clique e assine por apenas 3,90/mês

Conheça o arquiteto de uma das primeiras casas modernas do Rio

A morada do empresário alemão William Nordschild ganhou inauguração festiva em 1931, com exposição de obras de Tarsila do Amaral e Anita Malfatti

Por Rafael Sento Sé - Atualizado em 14 ago 2017, 14h51 - Publicado em 12 ago 2017, 00h52
Reprodução/Reprodução

“Quando vejo uma casa neocolonial, tenho uma impressão de gostoso; quando vejo uma casa neoflorentina, tenho a impressão de chique; quando vejo uma casa de Gregori Warchavchik, tenho uma impressão de casa.” A máxima de Mário de Andrade define o estilo do arquiteto russo Gregori Ilych Warchavchik (1896-1972), autor do projeto de uma das primeiras construções de estilo moderno da cidade, no número 183 da Rua Toneleros, em Copacabana. Preciosidade demolida em 1954, a morada do empresário alemão William Nordschild ganhou inauguração festiva em 1931, com exposição de obras de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Cicero Dias, entre outros artistas. Na cidade para integrar uma banca, o americano Frank Lloyd Wright prestigiou o vernissage e posou ao lado do colega russo e do brasileiro Lucio Costa, em um encontro histórico de grandes nomes da arquitetura.

Publicidade