Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Cinemas apostam em nostalgia e sessões privadas para atrair o público

Na rede UCI, é possível alugar salas para reunir até vinte pessoas. Já a Cinemark implementa, a partir de quinta (6), a sessão #TBT

Por Marcela Capobianco 4 Maio 2021, 15h30

Pesquisas apontam que grande parte do público de teatros e cinemas só vai voltar a frequentar salas de espetáculos e de exibição após a vacinação em massa. Entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021, os cinemas do Rio registraram queda de 90% de público.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Podendo funcionar com apenas 40% da capacidade total, exibidores formulam estratégias para atrair cinéfilos, ancorados na nostalgia, e pequenos grupos familiares.

A Rede UCI implementou sessões privadas com grupos de até 20 pessoas no New York City Center, NorteShopping e ParkShopping Campo Grande. Os interessados podem escolher o dia, o horário e o filme para a ida privé ao cinema. A reserva precisa ser feita com pelo menos cinco dias de antecedência.

+ Os filmes e séries que chegam ao streaming em maio

Entre os longas disponíveis no projeto Sessão Amigos estão A Bela e a Fera, Capitã Marvel, Coringa, Tenet e Raya e o Último Dragão.

Continua após a publicidade

Os preços variam de R$ 200,00 (salas convencionais, com filmes do catálogo) a R$ 600,00 (salas de luxo, com filmes que estão em cartaz).

+ Com talento e ambição, Maxwell Alexandre conquista espaço no panteão das artes

Já a rede Cinemark lança, nesta quinta (6), o #TBT Cinemark, que exibirá, semanalmente, produções de sucesso que estrearam mais tempo e poderão ser revistas na telona.

A cada mês um filme será escolhido. O primeiro deles é Rogue One: Uma História Star Wars, que está completando cinco anos. Os longas da sessões #TBT serão exibidos sempre às quintas. Os ingressos têm preço promocional – R$ 16 a inteira e RS 8 a meia-entrada – e já podem ser adquiridos pelo site da Cinemark.

+ Cinco peças de teatro on-line que flertam com o cinema

“Pensamos com muito carinho naqueles que não abrem mão de assistir a seus filmes preferidos na tela do cinema e que gostariam de ter essa oportunidade mais uma vez, ou de finalmente conseguir ver um filme histórico em tela grande. Queremos que os fãs montem uma espécie de álbum de figurinhas de filmes especiais”, conta Daniel Campos, diretor de marketing da rede, que vai disponibilizar ingressos colecionáveis nas sessões e divulgará os filmes escolhidos mensalmente.

Continua após a publicidade
Publicidade